República Democrática do Congo

PR pede apoio externo no combate à corrupção

Fonte : ANGOP

O apelo do Chefe de Estado vem expresso numa nota de imprensa, distribuída no final de um encontro com o homólogo da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, na província de Benguela.

João Lourenço enfatiza o respeito ao princípio da observância da separação de poderes e assegura que o Executivo angolano não interfere na acção da Justiça.

FOTO: CORTESIA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

A nota refere que os Chefes de Estado consideraram ter havido grande magnanimidade da parte do Estado angolano, ao estabelecer um período de graça de seis meses no âmbito da Lei n.º 9/18, de 26 de Junho, sobre Repatriamento de Recursos Financeiros, oportunidade não aproveitada no devido tempo.

Segundo o documento, de 10 pontos, os Estadistas consideraram que, passado um ano, após o fim desse período de graça, o Estado angolano tem toda a legitimidade de accionar os meios legais, judiciais, diplomáticos e outros que julgar necessários, para defender os interesses do país.

Trata-se de mecanismos legais que visam garantir “o efectivo repatriamento dos capitais colocados ilicitamente fora do país e providenciar a recuperação de bens em território nacional, ao abrigo da Lei n.º 15/18, de 26 de Dezembro, sobre Perda Alargada de Bens e Repatriamento Coercivo de Capitais”.

O documento sublinha que o melhor caminho, para os visados, será a máxima colaboração com as autoridades competentes do Estado e com a justiça angolana.

Noutro domínio, João Lourenço e Félix Tshisekedi reafirmaram o engajamento em prosseguir com os processos de transição política nos respectivos países, de forma pacífica e harmoniosa, no interesse dos dois povos.

Zona de Interesse Comum

No encontro deste domingo, João Lourenço e Félix Tshisekedi abordaram o dossier sobre a Zona de Interesse Comum de exploração petrolífera (ZIC), tendo acordado a realização, “o mais brevemente possível”, de um encontro entre equipas técnicas dos dois países que partilham 2.500 quilómetros de fronteira terrestre.

A reunião dos técnicos, cuja data não foi indicada, deverá estabelecer o cronograma de acções para a implementação do projecto conjunto.

O comunicado informa que os Chefes de Estado analisaram as consequências da decisão do Tribunal Provincial de Luanda, de 30 de Dezembro de 2019.

A 30 Dezembro último, o Tribunal Provincial de Luanda determinou o arresto preventivo dos bens de Isabel dos Santos, de Sindica Dokolo e de Mário Leite da Silva, actual presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento de Angola (BFA).

O despacho-sentença resulta de uma providência cautelar intentado pelo Estado angolano, na sequência de um processo que corre trâmites, em que este solicita o pagamento de USD 1.136.996.825,56 (mil milhões, cento e trinta e seis milhões, novecentos e noventa e seis mil, oitocentos e vinte e cinco dólares e cinquenta cêntimos).

O montante é resultante de vários negócios entre empresas do Estado angolano e os requeridos.

O Presidente Félix Tshisekedi, que chegou hoje a Benguela para um encontro de trabalho com homólogo João Lourenço, deve regressar ao seu país ainda neste domingo.

Categories: "La epopeia de Angola", "Miss Angola", ANGOLA, Congo Democrático, CORRUPÇÃO, República Democrática do Congo, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Pelo menos 30 mortos no Congo após deslizamento de terra em mina de ouro

Pelo menos 30 pessoas morreram na República Democrática do Congo (RDC), após um deslizamento de terra que varreu uma mina de ouro na cidade de Watsa (nordeste do país), informaram as autoridades locais

A tragédia ocorreu na sexta-feira, em uma área remota do país, então os serviços de resgate levaram dois dias para chegar ao local. Foto: Reuters

.Segundo relatórios preliminares, o número de vítimas pode aumentar nas próximas horas, dado o número de corpos sem vida enterrados no subsolo, disse o ministro local de Minas, Dieudonne Apasa.

“Ainda não sabemos quantos mineiros estavam lá dentro. Eles estavam trabalhando a uma profundidade de 17 metros quando todos caíram ”, disse Apasa.

O evento aconteceu na sexta-feira passada na mina de ouro Ndiyo, na província de Haut Uele, perto da fronteira com Uganda, mas os serviços de resgate levaram dois dias para chegar à área afetada, dada a distância do local.

Por sua vez, a Apasa ratificou que os mineiros trabalhavam dentro do limite máximo de profundidade estipulado e que a causa do incidente foi “simplesmente a forte chuva que estamos registrando nos últimos tempos”.

(Com informações do TeleSur)

Categories: Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Oceanos, Temperaturas, Congo Democrático, erosãoMarmeio ambienteNATUREZAOceano, MEDIO AMBIENTE, República Democrática do Congo, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Insegurança e desconfiança dificultam resposta ao ébola

A insegurança e a desconfiança continuam a complicar a resposta ao ébola no leste da República Democrática do Congo (RDC), alertou a directora-executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Henrietta Fore.

Num artigo publicado no site da ONU, Henrietta Fore disse que o leste da RDC foi desestabilizado durante vários anos por grupos armados, por isso, a insegurança que reina naquela região complica a resposta das agências internacionais, incluindo o Unicef, que devem satisfazer uma “nova ameaça inesperada: preocupações de segurança e ataques directos que dificultam o acesso.”
“Neste ambiente incerto, estaremos limitados no controlo de novas epidemias na RDC, ou mesmo na luta contra outras emergências de saúde, como cólera ou poliomielite, que poderiam ocorrer em países vizinhos”, disse Henrietta Fore. No entanto, a insegurança não é o único grande desafio que o Unicef enfrenta na resposta ao ébola na RDC. A agência da ONU e parceiros também devem enfrentar a resistência da população local, que é suspeita de ajuda.

Categories: ÁFRICA, Ebola, ONU, Organização Mundial de Saúde, República Democrática do Congo, SAÚDE, Uncategorized, UNICEF | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Doentes fogem do centro de tratamento do ébola.

Ministério da Saúde da RDC anunciou ontem que 24 pacientes que estavam num centro de tratamento contra o vírus ébola, em Beni, fugiram das instalações.

De acordo com as agências noticiosas, o centro foi atacado por pessoas que protestavam contra o adiamento das eleições presidenciais em algumas regiões do país.
A porta-voz do ministro, Jessica Ilunga, afirmou que os testes feitos a 17 dos 24 pacientes tinham dado re-sultados negativos para o ébola. Acrescentou que dos doentes que tinham fugido três regressaram ao centro.
O Ministério da Saúde está em contacto com 17 pacientes para os convencer a voltarem ao centro e tem as moradas e os números de telefone dos restantes quatro.
O número de mortos por contaminação do ébola nas províncias de Kivu Norte e Ituri, no leste da RDC, desde 1 de Agosto, aumentou para 354.
O Ministério da Saúde indicou que as localidades de Beni, Mabalako, Katwa e Kalunguta, na província de Kivu Norte, e Mandima, em Ituri, são as que mais mortes registaram desde que foi declarada a epidemia.
Comparativamente aos dados de 18 de Dezembro, da Organização Mundial de Saúde (OMS), morreram mais 29 pessoas até à passada segunda-feira. Os registos de casos de contaminação por ébola – a grande maioria de casos confirmados laboratorialmente-aumentaram igualmente, de 539 em 18 de Dezembro para 583 até segunda-feira.

Categories: #salud, ÁFRICA, Ebola, República Democrática do Congo, SAÚDE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Nova epidemia de Ebola deixa morte no Congo.

Nuevo brote de ébola deja al menos 319 muertos en Congo

Pelo menos 319 pessoas perderam a vida na República Democrática do Congo (RDC) como resultado de uma nova onda da epidemia de Ebola.

O número de pessoas afetadas pelo vírus Ebola no país africano aumentou para 542 pessoas, das quais 319 morreram. Além disso, 51 pessoas estão atualmente sob investigação por suspeita de infecção, segundo dados recentemente atualizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Três cidades altamente populosas estão no foco da infecção e também afetam áreas punidas pelos conflitos armados, algo que complica o trabalho de saúde. O surto ocorreu em uma área anteriormente liberada da cepa.

O surto, o mais letal que a RDC teve e o segundo maior do mundo, foi declarado em 1º de agosto e afeta duas das províncias mais afetadas pela violência no país, Kivu do Norte e Ituri. Continuar a ler

Categories: #salud, ÁFRICA, Ebola, República Democrática do Congo, SAÚDE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Novos casos de ébola registados em nordeste da República Democrática do Congo .

Um total de 46 novos casos de ébola foi registado no nordeste da República Democrática do Congo durante a semana de 19 a 25 de Novembro, de acordo com dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde congolês.

Naquela que é considerada a maior epidemia de ébola na história da RDC, já se somam 419 casos, dos quais 372 foram confirmados em laboratório e 47 são prováveis.
O número de mortes prováveis é de 240 desde que se declarou este décimo surto, a 1 de Agosto, nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, sendo que destas 193 tiveram resultados positivos, de acordo com dados oficiais de 25 de Novembro.
Além disso, pela primeira vez, uma epidemia de ébola tem como epicentro uma zona em conflito, onde operam uma centena de grupos armados e movimentam-se diariamente milhares de pessoas que poderiam ter estado em contacto com o vírus, limitando a segurança e o trabalho no terreno das equipas de saúde. Continuar a ler

Categories: #salud, Aviso!, ÁFRICA, Conga, Ebola, OMS, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Outros, República Democrática do Congo, SAÚDE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Detectado novo caso da doença na cidade de Butembo.

Autoridades da Saúde da República Democrática do Congo (RDC) anunciaram ter descoberto um novo caso de ébola em Butembo, uma cidade no leste do país com 1,4 milhões de habitantes.

A porta-voz do Ministério da Saúde, Jessica Ilunga, afirmou que o Governo e a OMS estão a tomar as medidas imediatas para conter a propagação do vírus da febre hemorrágica do ébola naquela zona urbana. Butembo é a maior cidade da província de Kivu do Norte e os especialistas estão preocupados que o contagioso vírus possa espalhar-se pela densa população. Continuar a ler

Categories: #salud, Aviso!, República Democrática do Congo, SAÚDE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Medidas de prevenção contra ébola na fronteira com a RDC.

 Mbanza Kongo – O sector da saúde no município do Nóqui, província do Zaire, reforçou, nos últimos dias, a vigilância epidemiológica no posto fronteiriço com a República Democrática do Congo (RDC), de modo a se evitar a propagação do surto de ébola para Angola.

ZAIRE: TÉCNICO DE SAÚDE EM SERVIÇO NO POSTO FRONTEIRIÇO DO NÓQUI

Uma equipa de técnicos de saúde, munidos de termómetros e de meios de biossegurança trabalha diariamente no local onde efectua medições de temperaturas de pessoas que saem da RDC, informou hoje (sexta-feira) à Angop, o técnico em serviço, Kinkela Ndamba.

A fonte disse estarem disponíveis aparelhos de medição de temperaturas para adultos e crianças, cuja temperatura deve oscilar abaixo de 37 graus celsius, sendo que acima desta cifra pode indiciar caso suspeito que deve ser acompanhado pelos profissionais de saúde. Continuar a ler

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, EDUCAÇÃO, República Democrática do Congo, SAÚDE, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Malanje encerra fronteira com a RDC.

O governo provincial de Malanje encerrou esta semana, a circulação total de pessoas e bens ao longo dos 140 quilómetros de fronteira fluvial que os municípios de Marimba e Massango partilham com a República Democrática do Congo (RDC), noticia a Angop.

Polícia de Guarda Fronteira está a patrulhar os pontos que podem servir de passagem
A medida está a ser cumprida à risca pela Polícia de Guarda Fronteira com vista a evitar o contágio por vírus ébola. De acordo com a Angop, apesar de muitos munícipes de Marimba e Massango estudarem na RDC e vice-versa, a medida de proibição vai prevalecer, à luz do Plano de Acção do Governo Provincial de Malanje de Prevenção do vírus ébola, que assola àquele país com 52 casos registados e 22 mortos, segundo dados recentes. Continuar a ler

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, República Democrática do Congo, SAÚDE, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Igreja Católica na RDC suspende sacramentos.

Aqui em Angola temos que fazer o mesmo para evitar o mesmo que aconteceu com a Febre Amarela.

A Igreja Católica, na República Democrática do Congo (RDC), decidiu como medida preventiva, contra o surto de Ébola, suspender a administração de sacramentos em que intervenha contacto físico.

A Igreja suspendeu, “até nova ordem, a administração dos sacramentos que envolvam contacto físico com os fiéis, como baptismo, confirmação, unção dos enfermos” assim como “as ordenações programadas para domingo dia 3 de Junho”. Continuar a ler

Categories: #salud, ANGOLA, ÁFRICA, EDUCAÇÃO, República Democrática do Congo, SAÚDE, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: