Canal do Panamá rejeita pedidos para impedir a passagem de navios russos

O Panamá ratifica a neutralidade diante dos pedidos para impedir que navios russos cruzem suas águas devido à operação militar russa que está ocorrendo na Ucrânia.

Em comunicado enviado à mídia local, a Autoridade do Canal do Panamá (ACP) rejeitou na quinta-feira um possível fechamento da passagem para navios russos devido ao conflito na Ucrânia, e ratifica sua adesão à declaração de neutralidade em vigor desde 1977.

“O Canal do Panamá segue de perto a situação atual na Ucrânia [mas] é uma via navegável de trânsito internacional permanentemente neutra”, dizia o comunicado.

A mencionada neutralidade vigora desde a assinatura, em 1977, dos tratados entre o então presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter e o líder do Istmo Omar Torrijos para que o Panamá retome o controle da rota transoceânica.

Tal neutralidade garante o trânsito seguro e aberto dos navios de todas as nações, tanto na paz quanto na guerra.

Como surgiu o atual conflito entre a Rússia e a Ucrânia?

Um pequeno grupo de ucranianos se mobilizou em 2 de março no Panamá para exigir que o governo do presidente Laurentino Nito Cortizo feche o canal para navios russos, em linha com as sanções impostas contra o Kremlin por várias potências ocidentais.

mep/hnb

O que é isto, #Yomil? Os #Paparazzi ficam mais enredados no #Panamá.

#CubaNoEsMiami #MafiaCubanoAmericana #MercenariosYDelincuentes #ArtistasDelImperio

Esta é também uma #VictoriaPopular .

#VictoriaPopular #CubaEsSalud #ColaboracionMedicaCubana #Panama #BrigadaHenryReeve #CubaPoerLaSalud #PuentesDeAmor

As vozes levantam-se mais uma vez a favor de #Cuba.

#CubaPorLaSalud #BrigadaHenryReeve #Covid-19 #CubaCoopera #CubaSalva #EEUUBloquea #SaludMundial #OMS #Panama

O Departamento de #Saúde dos #EstadosUnidos pressionou o #Brasil a rejeitar a vacina #Russa #Sputnik V .

#SaludMundial #Vacunas #Covid-19 #Sanciones #InjerenciaDeEEUU #Brasil #Venezuela #Cuba #Panama #ElBloqueoEsRealm #CubaSalva #EEUUBloquea

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA publicou recentemente o seu relatório anual descrevendo 2020 como “um dos anos mais desafiantes da história” do país.

O documento prevê “o fim da pandemia” graças à “entrega de vacinas seguras e eficazes através da Operação Warp Speed”, um programa público-privado dedicado à criação de vacinas e métodos de tratamento covid-19.
“Fighting Malign Influences in the Americas”.

O relatório revela também que Washington pressionou o governo brasileiro a não comprar a vacina russa Sputnik V. Sob o subtítulo “Fighting Malign Influences in the Americas”, o documento explica como o Gabinete de Assuntos Globais (OGA) do Departamento de Saúde dos EUA utilizou as relações diplomáticas para “mitigar os esforços dos Estados, incluindo Cuba, Venezuela e Rússia, que estão a trabalhar para aumentar a sua influência na região, em detrimento da segurança dos EUA”.

El Departamento de Salud de EE.UU. presionó a Brasil para rechazar la vacuna rusa Sputnik V

A OGA coordenou com outras agências governamentais dos EUA para reforçar as relações diplomáticas e oferecer assistência técnica e humanitária para dissuadir os países da região de aceitar a ajuda destes estados maliciosos”, afirma o relatório.

Como parte desta estratégia, o documento confirma que o gabinete do Adido de Saúde da OGA foi utilizado para “persuadir o Brasil a rejeitar a vacina russa contra a covid-19”. Além disso, verificou-se que os Estados Unidos dissuadiram o Panamá de aceitar médicos cubanos, que têm lutado na linha da frente contra a pandemia em mais de 40 países.

Para além do Brasil, Washington enviou adidos de saúde à China, Índia, México e África do Sul, provavelmente encarregados de levar a cabo actividades semelhantes.

Em resposta às notícias, os criadores do Sputnik V afirmaram que “os países devem trabalhar em conjunto para salvar vidas”. “Os esforços para minar as vacinas não são éticos e estão a custar vidas”, diz um post na conta oficial da droga russa no Twitter.

Análise de #Cuba: #JoeBiden conseguirá fechar a Base Naval de Guantánamo?

#Cuba #EstadosUnidos #IlegalBaseDeGuantanamo #ONU #JoeBiden #EnmiendaPlatt #PoliticaExterior #InjerenciaDeEEUU

Eles pedem apoio no #Panamá contra o #bloqueio norte-americano a #Cuba.

#Cuba #SolidaridadConCuba #Panama #ElBloqueoEsReal #PuentesDeAmor #EEUUBloquea #CubaSalva #NacionesUnidas #EstadosUnidos

Panamá, 10 de fevereiro Prensa Latina

Uma organização social panamenha entregou uma carta à chanceler ístmica, Erika Mouynes, solicitando seu pronunciamento sobre a eliminação do bloqueio dos Estados Unidos a Cuba, que continua em vigor até hoje.

A Frente Nacional de Defesa dos Direitos Econômicos e Sociais (Frenadeso) também solicitou sua ajuda para a supressão da nação caribenha da lista em que o governo dos Estados Unidos inclui os países listados como patrocinadores do terrorismo.

A carta, entregue ontem na sede do Itamaraty, repudiava as ações das autoridades do poder nortista que afetam ‘um povo heróico’ e pedia um pronunciamento de condenação da ministra e da instituição que dirige, que deve assumir um papel soberano neste assunto, afirmou.

Na Assembleia Geral das Nações Unidas, os governos panamenhos de 1994 até hoje se manifestaram a favor do levantamento do bloqueio comercial, financeiro e econômico contra Cuba e, inclusive, a partir de 1997, responderam às notas do Secretário-Geral da ONU ao respeito.

Somente em 1992 e 1993 o istmo se absteve sob o governo de Guillermo Endara, que assumiu o cargo em uma base dos Estados Unidos poucos dias após a invasão do Exército dos Estados Unidos no Panamá em dezembro de 1989.

Diversas organizações sociais e personalidades solidárias com o povo cubano se manifestaram em janeiro passado contra a inclusão de Cuba como Estado terrorista pela ‘administração moribunda’ de Donald Trump.

“Como patriotas panamenhos que sofreram múltiplas intervenções militares e a interferência permanente dos governos dos Estados Unidos nos assuntos internos de nosso país, temos o dever de rejeitar vigorosamente esta declaração”, disse na época um comunicado da Frente Ampla pela Democracia .

Além disso, a Associação Martiana de Moradores de Cuba no Panamá condenou o que qualificou de “manobra suja dos Estados Unidos”, ao incluir Cuba em sua lista de patrocinadores do terrorismo, como as últimas ações do governo cessante desse país.

“O argumento é falso, o verdadeiro fim, é a asfixia econômica de todo um povo”, disse o grupo em uma mensagem onde alertou que “não é apenas mais um golpe, isso tem consequências na ordem econômica e tem motivação ideológica. “

Em novembro passado, profissionais panamenhos formados na ilha caribenha também se manifestaram pelo desaparecimento total do bloqueio norte-americano, cujas consequências também sofreram quando estudaram em universidades cubanas e puderam avaliar os prejuízos que isso acarreta às famílias de aquela nação.

Cuba realiza uma nova redução de voos e implementará o isolamento institucional na chegada de viajantes internacionais.

#CubaPorLaSalud #CubaSalva #Covid-19 #Aerolineas #EstadosUnidos #Mexico #Panama #Bahamas #RepublicaDominicana #Jamaica #Colombia #Haiti #Nicaragua #Guiana #TrinidadETobago #Suriname #Minrex #Mintur #Mincex

Autor: Redacción Digital | internet@granma.cu

Novas medidas para prevenir a propagação da COVID-19 em Cuba, que hoje registra o maior número de casos desde que o primeiro caso no país foi notificado em março de 2020, foram anunciadas pelo Ministério da Saúde Pública.

Em nota publicada no seu site, explica-se que tendo em conta a situação epidemiológica nacional, regional e internacional e a necessidade de aplicação de novas medidas para conter a propagação dos casos de COVID-19 no país, decidiu-se por nova redução nas atuais frequências de voos das companhias aéreas que operam nos Estados Unidos, México, Panamá, Bahamas, República Dominicana, às quais se incorporam a Jamaica e a Colômbia, a partir das 00 horas do dia 6 de fevereiro de 2021.

Se estrechará aún más la vigilancia epidemiológica sobre todos los viajeros que arriben al país

Ao mesmo tempo, o reinício das frequências para a Nicarágua, Guiana, Trinidad e Tobago, Suriname é suspenso e as frequências para o Haiti são suspensas.

A chegada de voos sem passageiros será autorizada apenas para evacuar pessoas retidas no país, estrangeiros ou residentes no exterior.

Da mesma forma, o isolamento institucional será implementado na chegada de viajantes internacionais.

No caso de turistas estrangeiros, empresários, técnicos e cooperadores, bem como diplomáticos estrangeiros credenciados em Cuba, imprensa estrangeira credenciada e delegações oficiais aprovadas para receber no período, serão aplicados os Protocolos aprovados pelo MINTUR, MINCEX., E MINREX respectivamente.

Os profissionais de saúde e os demais OACEs serão isolados nas capacidades criadas em Havana e Matanzas, cumprindo todos os requisitos estabelecidos. Estudantes estrangeiros e bolsistas serão isolados nas instituições designadas para o efeito pelo MINSAP e pelo MES.

O isolamento dos moradores cubanos será em centros instalados nas províncias e será gratuito, assim como o transporte ao centro e o retorno à residência depois de concluído o isolamento.

No caso de estrangeiros não residentes e cubanos que cheguem ao país, ficarão isolados em instalações hoteleiras designadas em cada território, cabendo aos viajantes as despesas de estadia e transporte.

Uma história de SOLIDARIEDADE🇨🇺 e IRMANDADE🇵🇦

#FidelCastro #EternoComandante #FidelEntreNosotros #IdeasQueSonBanderas 3Panama #HistoriaDeCuba #AmericaLatina #TerrorismoContraCuba #PosadaCarriles #TerrorismoMadeInUSA #PuentesDeAmor #SolidaridadConCuba #CubaSalva #EEUUBloquea #Chile #ElBloqueoEsReal #CubaCoopera #Covid-19 #SaludMundial

%d bloggers like this: