#FuerzaMatanzas #CubaPorLaVida

#Minrex #Cuba #EstadosUnidos #Politica

Cubadebate


Johana Tablada, directora-geral adjunta para os Estados Unidos do Ministério dos Negócios Estrangeiros de #Cuba, esclarece no seu perfil no Facebook: Pedimos ajuda internacional e foram os Estados Unidos que tomaram a decisão de oferecer aconselhamento técnico.


👉 É isso que têm oferecido até agora. Não depende de Cuba.
👉 Temos um acordo bilateral assinado durante a administração Obama para coordenar as operações e combater os derrames no mar, mas não se aplica a catástrofes em terra.
👉 Ofereceram aconselhamento técnico (falando ao telefone com os nossos especialistas). Aceitámo-lo imediatamente e realizámos tais conversas com peritos dos EUA, pelas quais lhes agradecemos publicamente.

A especulação está exagerada.

#Cuba #Minrex #Política

Carlos F. de Cossio

O Governo dos EUA ofereceu condolências a partir de sábado, 6 de Agosto, ao meio-dia, através do Departamento de Estado, pelo que ficámos directa e publicamente gratos. Ofereceu conselhos técnicos, que também apreciámos e aceitámos. Há uma comunicação frequente entre os dois gobs. A especulação é desnecessária. #Cuba

O PRESIDENTE COLOMBIANO RECEBE O MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS DE #CUBA .

#Colombia #Cuba #Minrex

Extraído do blogue de um amigo.

Alma Cubanita

O membro da Mesa Política do Partido e Ministro dos Negócios Estrangeiros de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, na rede social Twitter e disse que foi recebido pelo Presidente da República da Colômbia, Gustavo Petro. “Confirmamos a nossa vontade de reforçar os profundos laços culturais e históricos entre os nossos povos. Reiteramos o compromisso inabalável de Cuba de contribuir para a paz na Colômbia”, acrescentou o Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano.

A China continuará no caminho do desenvolvimento pacífico e será sempre uma construtora da paz mundial.

#Cuba #China #Minrex #EPL

Autor: Nuria Barbosa León | internet@granma.cu

“A luta do povo chinês para alcançar a sua libertação é uma das maiores proezas da história. A frase do Comandante-Chefe Fidel Castro Ruz ganhou vida no Salão Universal das FAR, onde Cuba comemorou, esta segunda-feira, o 95º aniversário do Exército de Libertação do Povo (PLA) daquele país irmão. O acontecimento importante é hoje, face às ameaças à estabilidade e à paz mundial, um baluarte para o mundo.

Cuba comemorou o 95º aniversário da fundação do Exército de Libertação do Povo da China. Foto: Ricardo López Hevia.

Só num país socialista, com a liderança do Partido Comunista, se pode ter um exército capaz, moderno e heróico, sob o princípio de ser uma nação de paz, cuja “política de defesa nacional é defensiva por natureza e o desenvolvimento do exército chinês não é dirigido a nenhum país”, disse a embaixadora da nação asiática em Cuba, Ma Hui.

No evento político-cultural, o diplomata disse que “a China continuará no caminho do desenvolvimento pacífico e será sempre um construtor da paz mundial, um contribuinte para o desenvolvimento local e um defensor da ordem internacional”.

Referindo-se a Cuba, Ma Hui afirmou que “trabalharemos em conjunto para promover as relações entre os dois exércitos na nova etapa; continuaremos a cooperação em vários campos e enfrentaremos de mãos dadas os desafios globais, de modo a dar o devido contributo para a construção conjunta de uma comunidade de destinos da humanidade”.

O Embaixador terminou o seu discurso com uma citação do Presidente chinês Xi Jinping: “Sem um exército poderoso, não haverá país poderoso”.

No nono aniversário da formação do PLA, o Major-General Roberto Legrá Sotolongo, Vice-Ministro das FAR, Chefe do Estado-Maior General, disse que a grande nação asiática se distinguia pela sua extraordinária contribuição para o desenvolvimento da ciência, da cultura e do pensamento social avançado.

“Houve êxitos e também fracassos, como em todos os esforços humanos, mas nem mesmo os inimigos mais amargos do socialismo e o povo chinês se atrevem a negar o feito extraordinário de ter erguido das ruínas a poderosa e próspera nação que hoje conhecemos”, disse o Chefe do Estado-Maior General.

Foto: Ricardo López Hevia

Sublinhando a profunda satisfação pelos triunfos do povo chinês no reforço da ideologia e na consolidação da moral socialista, Legrá Sotolongo recordou que “mais de 6.000 chineses lutaram no Exército de Libertação cubano, e como expresso na frase esculpida no monumento que imortaliza a façanha daqueles homens: “Não houve desertor cubano chinês, não houve traidor cubano chinês”.

Na comemoração, também presidida pelos membros da Mesa Política, Salvador Valdés Mesa, Vice-Presidente da República, e pelo General Alvaro López Miera, Ministro das FAR, bem como pelo Primeiro Coronel Luo Tiefeng, Adido da Defesa da Embaixada da China em Cuba, foi destacado o papel desempenhado por ambas as forças armadas na luta contra a COVID-19 e os estreitos laços entre o PLA e as FAR na luta contra este flagelo.

Os corajosos oficiais e soldados do PLA foram homenageados com demonstrações da cultura cubana e chinesa, na presença de uma representação do corpo diplomático militar acreditado no país e de oficiais da legação do país asiático.

Ninguém definiu melhor o valor da China socialista do que Fidel, quando ele disse: “O que a China está a fazer é uma esperança, porque o futuro do socialismo nas próximas décadas dependerá, em grande medida, do que ela for capaz de alcançar”.

Presidente da República felicita Governo suíço.

#Angola #GovernoSuíço #Política

Jornal de Angola

O Presidente da República, João Lourenço, felicitou esta segunda-feira o povo e o Governo suíço, por ocasião do Dia Nacional da Confederação Helvética, que se assinala a 1 de Agosto.

Presidente da Suíça, Ignazio Cassis, foi felicitado pelo Estadista angolano em alusão ao Dia Nacional da Confederação Helvética © Fotografia por: DR

Em mensagem endereçada ao Presidente suíço,  Ignazio Cassis, o Chefe de Estado angolano enaltece o alto nível de realização alcançado por aquele país europeu, nos planos político,  económico e social, que tornaram a Suíça numa das nações mais desenvolvidas do mundo.

Em nota da Secretaria de Imprensa do Presidente da República, João Lourenço manifesta vontade e total disponibilidade ao seu homólogo suíço, de continuar a trabalhar em prol das relações de amizade e cooperação entre os dois países.

As relações diplomáticas e de cooperação entre Angola e a Confederação Helvética remontam desde os primeiros anos da Independência Nacional, alcançada a 11 de Novembro de 1975.

A cooperação entre os dois países traduz-se, fundamentalmente, em acções de ajuda humanitária, designadamente, desminagem e a construção da Escola Técnica Agrária de Catofe, localizada no município da Quibala, província do Cuanza-Sul.

Os dois Estados têm vindo a estabelecer consultas ao nível diplomático e político, entre outros contactos sobre o incremento das relações bilaterais, regionais e multilaterais.

O Dia Nacional da Suíça celebra-se, anualmente, desde 1 de Agosto de 1891.

O ministro dos Negócios Estrangeiros colombiano designado Álvaro Leyva encontra-se com o seu homólogo venezuelano em Táchira.

#PresidenteGustavoPetro #Venezuela #HugoChávez

O Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano realizou várias reuniões de alto nível na Argélia

#Cuba #Minrex #CubaViveYAvanza #CubaViveYTrabaja

Autor: Redacción Internacional | internacionales@granma.cu

O membro da Mesa Política do Partido e Ministro dos Negócios Estrangeiros, Bruno Rodríguez Parrilla, informou via Twitter que foi recebido pelo Presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune, com quem manteve um diálogo no qual, afirmou, “confirmámos a vontade de continuar a aprofundar as excelentes relações políticas, baseadas em laços históricos de fraternidade, e de promover os laços económicos, comerciais, financeiros e de cooperação”.

Foto: Tomada de Cubaminrex

Também se revelou que falou com o seu homólogo argelino, Ramtane Lamamra, e ambos salientaram a natureza histórica das relações entre a Argélia e Cuba, “que este ano estão a atingir o seu 60º aniversário”, disse Rodríguez Parrilla num tweet.

Também realizou um encontro fraternal com o Presidente da República do Congo, Denis Sassou Nguesso, com quem analisou, disse, “o estado das relações políticas e da cooperação entre os dois países, e trocámos sobre questões de interesse mútuo na agenda internacional”.

Bruno Rodríguez também relatou na mesma rede social um encontro que teve com o ministro dos negócios estrangeiros sírio, Faisal Mekdad.

Presidente da República considera preocupante estado de saúde de José Eduardo dos Santos

#Angola #JoséEduardoDosSantos #Salud #MIREX

César Esteves | Lisboa

O Chefe de Estado, João Lourenço, considerou, esta manhã, em Lisboa, preocupante o estado de saúde do antigo Presidente José Eduardo dos Santos, que se encontra em tratamento em Barcelona, Espanha.

© Fotografia por: DR

João Lourenço avançou a informação à imprensa local e nacional no final da visita que efectuou à sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

“Mais do que isso só as equipas médicas poderão se pronunciar”, salientou o Chefe de Estado, acrescentando que está a acompanhar a situação com muita preocupação.

De recordar que o Chefe de Estado enviou, hoje, a Barcelona, o ministro das Relações Exteriores, Téte António,  para, junto da família e da clinica, inteirar-se do real quadro de saúde de José Eduardo dos Santos.

Países nórdicos e africanos avaliam a cooperação.

#Angola #Mirex #Economía #Política

Jornal de Angola

A secretária de Estado para as Relações Exteriores, Esmeralda Mendonça, participa, desde esta segunda-feira, na XIX Reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros Nórdicos com África, tendo como principais pontos na agenda de trabalhos a paz e segurança, objectivos do desenvolvimento sustentável, luta contra o terrorismo, migração, Direitos Humanos e igualdade de género.

© Fotografia por: DR

O encontro, considerado uma plataforma informal que aborda os mais variados desafios da comunidade internacional, serve para africanos e nórdicos avaliarem a cooperação e estudarem novas possibilidades de exploração.

Em nota, a que o Jornal de Angola teve acesso, o Ministério das Relações Exteriores sublinha que a secretária de Estado, em representação do ministro Téte António, vai aproveitar o momento para analisar aspectos de interesse do Governo, sobretudo, no nível bilateral entre Angola e os países nórdicos, in-cluindo assuntos multilaterais da actualidade.

O fórum, que decorre na cidade de Helsínquia, República da Finlândia, junta centenas de individualidades, entre nórdicos e africanos. Os países nórdicos constituem uma região da Europa Setentrional e do Atlântico Norte, composta pela Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, tendo zonas autónomas, das Ilhas Faroé, arquipélago de Aland e Gronelândia.

%d bloggers like this: