#Salud en Cuba

Com Abdala, Cuba dá mais um passo firme rumo à imunização (+ Vídeo)

A aplicação da terceira dose da vacina candidata Abdala é concluída, como parte da fase III do ensaio clínico, e a avaliação da eficácia começa

Autor: Maby Martínez Rodríguez

O Primeiro Secretário do Comité Central do Partido e Presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, elogiou o encerramento da aplicação da terceira e última dose da vacina candidata Abdala (CIGB-66), no âmbito da fase III do ensaio clínico realizado em Santiago de Cuba, Guantánamo e Bayamo, e que teve início em 22 de março.

«A nossa vacina candidata Abdala está a aproximar-se da meta. (…) 48.290 voluntários receberam as três doses, com pouquíssimos efeitos adversos. Estamos dando passos firmes para a imunização total do país ”, disse o Chefe de Estado em sua conta no Twitter.

Segundo especialistas do grupo empresarial BioCubaFarma, a adesão ao protocolo foi superior a 97%, o que reflete o perfil de segurança adequado do CIGB-66, e a permanência em pesquisa da maioria dos voluntários selecionados.

Referindo-se à eficácia do produto, a doutora em Ciências Verena Muzio, diretora de Pesquisa Clínica da cigb, informou que hoje começará a avaliação dessa variável, a principal neste período de pesquisa, a partir do acompanhamento de todos os sujeitos, para detectar aqueles que apresentam teste positivo para o coronavírus SARS-COV-2.

Em relação à publicação dos resultados da eficácia da vacina candidata, ele esclareceu que esta não tem um tempo fixo, pois depende da rapidez com que os casos aparecem no período após a administração da terceira dose.

Relativamente à projecção de estudos com Abdala em populações pediátricas, disse que os investigadores estão em fase final de concepção de ensaios clínicos em segmentos etários de 18 anos ou menos, os quais deverão ser submetidos à avaliação e autorização do Centro de Controlo do Estado de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed), para poder iniciá-los em um prazo não muito distante.

A saída produtiva da vacina candidata Abdala ocorre nos Laboratórios aica, na capital do país.

ABRIL DEIXOU AS NÚMERAS MAIS ALTAS DE CONTAGOS E MORTE

Entre janeiro e abril, longe de diminuir, aumentaram os números mensais de casos positivos e – mais triste ainda – de pacientes falecidos devido ao covid-19 no país.

O Dr. Francisco Durán García, diretor nacional de Epidemiologia do Ministério da Saúde Pública (Minsap), informou em entrevista coletiva que 31.346 infecções foram registradas no quarto mês do ano, cerca de 5.660 a mais que em março. Ocorreram em média 1.044 casos por dia, sendo que na maior parte dos dias foram reportados mais de mil.

Em abril, a letalidade e mortalidade pelo vírus tiveram um aumento notável, somando 229 mortes por complicações associadas à doença, número que dobrou o recorde anterior, registrado em fevereiro, quando ocorreram 108 mortes.

Ainda em abril, foram tratados 4.449 crianças, adolescentes e jovens com idade igual ou inferior a 18 anos, positivos para SARS-COV-2, com uma média de 148 casos por dia.

Esses números ressaltam a extraordinária importância do cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança e distanciamento social.

Categories: #Salud en Cuba | Deixe um comentário

A vacina cubana contra o coronavírus… é chinesa?

Categories: # Cuba, # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, fake news, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Colombia, Cuba, Economía, Ernesto Samper, Estados Unidos, Ministerio de Turismo (MINTUR), Relaciones Cuba Estados Unidos, Turismo, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, China, CIENCIA, Cientistas, contrarrevolucionarios anticubanos, #Cuba, guerra mediática, redes sociales, Referéndum Constitucional, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Cuba, fake news, CubavsBloqueo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Redes sociais, Vacinação | Deixe um comentário

#Cuba e a #China colaboram para criar “uma #Vacina de largo espectro contra muitos #Coronavírus”.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, China, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

“Escravos” que curam o mundo .

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Estados Unidos, #salud, #Salud en Cuba, A guerra dos Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, Acciones contra Cuba, fake news, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, Cuba, fake news, epidemia, Fake news, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Subversão contra Cuba | Deixe um comentário

As vozes levantam-se mais uma vez a favor de #Cuba.

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, ·Medicos Cubanos, cooperação médica cubana, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CubaCoopera, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), panamá, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

A segunda candidata cubana à vacina contra a #Covid-19 entra na fase III.

Retirado do teleSUR .

O Centro de Controlo Estatal de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed) de Cuba informou quinta-feira que aprovou o início do ensaio clínico de fase III do candidato à vacina Abdala contra o Covid-19.

O candidato à vacina, Abdala, para o qual esta autorização de ensaio clínico fase III foi emitida, é desenvolvido pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB), disse a agência reguladora numa declaração publicada no seu sítio web.

Imagen

Esta é a segunda vacina cubana candidata à prevenção da doença coronavírus 2019 (Covid-19), causada por síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SRA-CoV-2), que entra na sua fase III – e última – de ensaios, após a aprovação concedida a Soberana 02.

A aplicação desta etapa terá lugar em 18 zonas sanitárias nas províncias orientais de Guantanamo, Santiago de Cuba e Granma.

O estudo terá início nos próximos dias e inclui 48.000 voluntários com idades compreendidas entre os 19 e os 80 anos.

Soberana 02, um projecto desenvolvido pelo Finlay Vaccine Institute, iniciou os estudos da Fase III a 3 de Março, com a participação de 40.010 voluntários, tornando-a a primeira candidata a vacina na América Latina contra a Covid-19 a chegar a essa fase.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, Jose Angel Portal Miranda, Medico y Enfermera de la Familia Salud Publica cubana, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD, Vacinação | Deixe um comentário

Vamos globalizar a cooperação, vamos avançar para o desenvolvimento sustentável .

Autor: Milagros Pichardo | internacionales@granma.cu

A 18 de Março, um ano após o nosso país ter oferecido a sua mão de solidariedade ao navio de cruzeiro britânico MS Braemar, Cuba reiterou a sua total disponibilidade para continuar a sua contribuição para a redução de catástrofes, bem como a colaboração na área da saúde, incluindo o aconselhamento epidemiológico e científico, a troca de experiências adquiridas no tratamento da COVID-19, e a formação de recursos humanos.

Isto transcendeu durante o 10º Fórum Reino Unido-Caraíbas, realizado virtualmente, no qual a delegação cubana, liderada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros Bruno Rodríguez Parrilla, participou como observador, e reiterou a contribuição activa para o sucesso da Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), e a vontade de trabalhar de forma construtiva para a plena implementação do Acordo de Paris.

Viajeros del MS Braemar ya se encuentran listos y seguros para regresar a casa desde Cuba

“Muitos de nós no Reino Unido apreciámos um gesto humanitário tão notável”, disse o Príncipe de Gales, em gratidão pela assistência cubana ao navio de cruzeiro MS Braemar. Foto: Ricardo López Hevia

O membro da Mesa Política do Comité Central do Partido Comunista de Cuba salientou a importância dada por Cuba ao princípio de responsabilidades comuns mas diferenciadas e à obrigação moral de fazer as transferências financeiras e tecnológicas apropriadas para os países em desenvolvimento.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano agradeceu a Sua Alteza Real o Príncipe de Gales pela modesta assistência que o nosso país pôde dar aos passageiros e tripulação do navio de cruzeiro MS Braemar, que chegou ao porto de Mariel com pacientes convalescentes da COVID-19. Este gesto foi também apreciado pelo Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Dominic Raab.

Rodríguez Parilla salientou que, mais de um ano após a COVID-19 ter sido declarada pandémica, continua a ser um desafio global que gerou uma crise sistémica de impactos múltiplos e devastadores nas nossas sociedades, que ameaça o progresso rumo à Agenda para o Desenvolvimento Sustentável de 2030.

Especificou que, no caso de Cuba, a intensificação do bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelo Governo dos Estados Unidos é acrescentada, o que limita significativamente a resposta eficaz à pandemia. “No entanto, hoje temos cinco candidatos a vacinas em diferentes fases de ensaios clínicos e este ano vamos imunizar toda a população cubana”, disse ele.

Face aos crescentes e múltiplos desafios globais, o Ministro dos Negócios Estrangeiros esclareceu que a nossa nação apoia o direito dos países das Caraíbas a receberem um tratamento justo e diferenciado.

Sublinhou que partilhámos modestamente a nossa experiência no combate à pandemia, bem como o envio de 56 brigadas médicas para 40 países e territórios, incluindo 11 países africanos, três europeus e 23 da América Latina e Caraíbas, incluindo 12 nações das Caraíbas e cinco territórios ultramarinos, quatro britânicos e um francês.

Rodríguez Parrilla referiu-se à urgência de reafirmar o compromisso colectivo de todas as nações para reforçar o multilateralismo. “Vamos procurar respostas conjuntas, vamos globalizar a cooperação, vamos avançar para o desenvolvimento sustentável que os nossos povos merecem”, disse ele.

Agradeceu também o convite para esta reunião, na qual participaram Sua Alteza Real o Príncipe de Gales; Dominic Raab, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido; Claude Joseph, Presidente do Conselho de Relações Externas e Comunitárias; Irwin LaRocque, Secretário-Geral do Caricom; assim como os Ministros dos Negócios Estrangeiros das Caraíbas.

Categories: #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, ·Medicos Cubanos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, MasQueMedicos, Medicina de Família, criada pelo Comandante em Chefe Fidel Castro em 1984,, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, REINO UNIDO, Solidaridad | Deixe um comentário

#Vacinas para a idade pediátrica em #Cuba e outros esclarecimentos necessários.

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, ações subversivas, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Manipulacion, Manipulacion Politica, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Profesionales e la Salud, Subversão contra Cuba, Subversión | Deixe um comentário

A primeira semana da fase III do #Soberana02 passou satisfatoriamente.

Por Redacción Razones de Cuba Autor: Yudy Castro | castro@granma.cu

A primeira semana do ensaio clínico fase III do Soberana 02, em voluntários entre os 19 e os 80 anos de idade, passou “satisfatoriamente, no estrito cumprimento do protocolo estabelecido e das boas práticas clínicas”, como noticiado sábado, na rede social Facebook, o Grupo de Biotecnologia e Indústrias Farmacêuticas de Cuba (BioCubafarma).

A mensagem sublinhou que esta fase inicial “de pilotagem e ajustamento dos processos, encerra com 4 478 vacinados, e apenas ocorreram eventos adversos ligeiros em alguns participantes no ensaio, tais como dores ligeiras no local da injecção nas primeiras 24 horas de administração do candidato e mal-estar”.

De acordo com esta informação, replicada noutras redes sociais como o Twitter, a partir de sexta-feira, 12 de Março, 40 vacinadores estavam funcionais, que deveriam ser aumentados nos próximos dias nos oito municípios da capital que fazem parte do estudo.

O Finlay Vaccine Institute também publicou na sua conta oficial no Twitter que, após o início da nova fase, Soberana 02 “continua a demonstrar a sua elevada segurança”.

Durante a sessão de trabalho de domingo do Conselho Provincial de Defesa de Havana, soube-se também que em cada um dos dias decorridos, quase todas as pessoas foram vacinadas, graças ao trabalho realizado pelos consultórios do médico de família e da enfermeira da família.

O início da Fase III do ensaio clínico de Soberana 02, o primeiro candidato latino-americano à vacina anti-COVID-19 a alcançar esta fase do estudo, foi aprovado a 3 de Março, após os resultados favoráveis da imunogenicidade demonstrados nas Fases I e II, que tiveram início em Outubro e Dezembro de 2020, respectivamente.

A Fase III, que inclui cerca de 44.000 residentes da capital, residentes nos municípios de Plaza, Playa, 10 de Octubre, Centro Habana, Marianao, Habana Vieja, Cerro e La Lisa, tem como objectivo avaliar a eficácia do imunogénio.

Cuba tem até agora cinco candidatos a vacinas em diferentes fases de desenvolvimento clínico: Soberana 01, Soberana 02 e Soberana Plus (recentemente incorporada), do Instituto de Vacinas Finlay; assim como Abdala e Mambisa, do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia.

Categories: #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, epidemia, Jose Angel Portal Miranda, Medico y Enfermera de la Familia Salud Publica cubana, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Vacinação | Deixe um comentário

O Departamento de #Saúde dos #EstadosUnidos pressionou o #Brasil a rejeitar a vacina #Russa #Sputnik V .

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA publicou recentemente o seu relatório anual descrevendo 2020 como “um dos anos mais desafiantes da história” do país.

O documento prevê “o fim da pandemia” graças à “entrega de vacinas seguras e eficazes através da Operação Warp Speed”, um programa público-privado dedicado à criação de vacinas e métodos de tratamento covid-19.
“Fighting Malign Influences in the Americas”.

O relatório revela também que Washington pressionou o governo brasileiro a não comprar a vacina russa Sputnik V. Sob o subtítulo “Fighting Malign Influences in the Americas”, o documento explica como o Gabinete de Assuntos Globais (OGA) do Departamento de Saúde dos EUA utilizou as relações diplomáticas para “mitigar os esforços dos Estados, incluindo Cuba, Venezuela e Rússia, que estão a trabalhar para aumentar a sua influência na região, em detrimento da segurança dos EUA”.

El Departamento de Salud de EE.UU. presionó a Brasil para rechazar la vacuna rusa Sputnik V

A OGA coordenou com outras agências governamentais dos EUA para reforçar as relações diplomáticas e oferecer assistência técnica e humanitária para dissuadir os países da região de aceitar a ajuda destes estados maliciosos”, afirma o relatório.

Como parte desta estratégia, o documento confirma que o gabinete do Adido de Saúde da OGA foi utilizado para “persuadir o Brasil a rejeitar a vacina russa contra a covid-19”. Além disso, verificou-se que os Estados Unidos dissuadiram o Panamá de aceitar médicos cubanos, que têm lutado na linha da frente contra a pandemia em mais de 40 países.

Para além do Brasil, Washington enviou adidos de saúde à China, Índia, México e África do Sul, provavelmente encarregados de levar a cabo actividades semelhantes.

Em resposta às notícias, os criadores do Sputnik V afirmaram que “os países devem trabalhar em conjunto para salvar vidas”. “Os esforços para minar as vacinas não são éticos e estão a custar vidas”, diz um post na conta oficial da droga russa no Twitter.

Categories: # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, #Venezuela, Brasil, CIENCIA, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA - ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos Vs Cuba, Estados Unidos,, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), panamá, Profesionales e la Salud, RUSIA, Vacinação | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: