POLÍTICA

Rússia apresenta na ONU proposta para saída da crise.

A Rússia prepara um projecto de resolução “conciliador” sobre a Venezuela para ser apresentado no Conselho de Segurança da ONU, disse ontem o responsável para a América Latina do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Alexander Schetinin.

Escassez de alimentos e outros bens põe em risco a vida de milhares de crianças venezuelanas
“Propusemos um projecto que pode ser a base para o consenso ou, pelo menos, para obter uma grande parte dos apoios”, disse o diplomata, que não revelou o conteúdo do projecto, segundo a Lusa.
Schetinin explicou que os países estão actualmente a debater as várias propostas que serão submetidas ao Conselho de Segurança, incluindo uma norte-americana, que exige novas eleições na Venezuela.
A Rússia expressou o seu firme apoio ao Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, perante o apoio dos Estados Unidos, Canadá e da maioria dos países latino-americanos e europeus ao presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se autoproclamou Presidente da Venezuela a 23 de Janeiro. Continuar a ler

Categories: #Venezuela, POLÍTICA, RUSIA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Costa Rica: Quem você quer assustar os peões do Império?

Por: Agustín Palermo

De fora da Costa Rica, descubro através do site da seguinte manchete de uma publicação no jornal La Nación: “Embaixadores da Nicarágua e Cuba criam vínculos com os grupos políticos Ticos” (14/1/19). Não só o dono é tendencioso, como o seu conteúdo. É falso, oportunista e manipulador. Continuar a ler

Categories: POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Um grilo é responsável por ‘ataques acústicos’ em Cuba.

Tirada do Sputnik

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA) e da Universidade de Lincoln (Reino Unido) analisaram uma gravação do ruído utilizado alegadamente para “ataques acústicos” contra diplomatas norte-americanos em Cuba, e tiraram uma conclusão inesperada.

 

Alexander Stubbs e Fernando Montealegre acreditam que a gravação, apresentada como uma prova de ataques acústicos, não é nada mais que o canto de grilos.

As conclusões dos cientistas foram apresentadas no decorrer de uma reunião anual da Sociedade para Biologia Integrativa e Comparativa (SICB, sigla em inglês). Seus autores não conseguiram confirmar nenhum dano físico causado à saúde dos diplomatas norte-americanos, de acordo com a edição The New York Times.

“Na comunidade médica há muitas controvérsias sobre qual dano físico, se é que há algum, pode ter sido sofrido por essas pessoas. Tudo o que posso dizer é que o registro publicado pela [agência] AP é de um grilo, e achamos que sabemos a que espécie ele pertence”, assinalou Alexander Stubbs.

Os cientistas planejam divulgar a investigação em uma revista científica nos próximos dias.

Os EUA alegam que 26 diplomatas de seu país, acreditados em Havana, sofreram severos danos à saúde (perda auditiva, náuseas e dores de cabeça), como resultado de supostos ataques acústicos que ocorreram em Cuba entre novembro de 2016 e fevereiro de 2017.

Posteriormente, as autoridades norte-americanas expulsaram 15 diplomatas cubanos do país.

Categories: # Cuba, #América Latina, #Conspiracion, #Cuba, AMERICA LATINA, CUBA, CUBA - ESTADOS UNIDOS, EE.UU., ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Politica agressiva contra Cuba, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

ALBA-TCP rejeita sanções impostas pelos EUA contra a Nicarágua.

ALBA-TCP
A Aliança Bolivariana para os Povos de Nosso Tratado de Comércio dos Povos da América (ALBA-TCP) rejeitou a aprovação, pelo Congresso dos Estados Unidos, da Lei de Investimento e Condicionalidade da Nicarágua (Lei Nica).

Jorge Arreaza, chanceler venezuelano, explicou que o mecanismo limita a capacidade do país centro-americano de obter financiamento de organizações internacionais.

Segundo a Prensa Latina, o ministro das Relações Exteriores, em nome do bloco de integração latino-americano, especificou que o instrumento busca sufocar a economia, além de gerar um cenário de desestabilização na Nicarágua, com o objetivo de derrubar o governo do presidente Daniel Ortega. Continuar a ler

Categories: #America Latina, ALBA-TCP, ESTADOS UNIDOS, JEFES E ESTADOS, Nicaragua, POLÍTICA, Trump, Uncategorized, WASHIGTON | Etiquetas: | Deixe um comentário

Um povo tornado grande por si só.

Excertos do discurso proferido pelo histórico líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, no ato central pelo 40º aniversário do triunfo da Revolução, realizado no Parque Céspedes, Santiago de Cuba, no dia 1º de janeiro de 1999.

Honra e glória eterna, infinito respeito e afeto por aqueles que então caíram para tornar possível a independência definitiva da Pátria; para todos aqueles que escreveram esse poema épico em montanhas, campos e cidades, guerrilheiros ou combatentes clandestinos, que após o triunfo morreram em outras missões gloriosas, ou lealmente entregaram sua juventude e suas energias à causa da justiça, soberania e redenção de seu povo, daqueles que já morreram e dos que ainda vivem (…).

Ainda hoje, para as novas gerações, a Revolução está apenas começando (…).

As pessoas de ontem, analfabetas e semi-letradas, com uma cultura política quase nula e verdadeira, conseguiram fazer a Revolução, defender a pátria, alcançar uma consciência política extraordinária e iniciar um processo revolucionário sem paralelo neste hemisfério ou no mundo. Eu digo isso não por causa de um espírito ridículo chauvinista, ou com a absurda pretensão de acreditar que somos melhores que os outros; Eu digo isso porque a Revolução que nasceu aquele dia 1º de janeiro, o acaso ou o destino quiseram que fosse submetida ao teste mais difícil que passou qualquer processo revolucionário no mundo (…). Continuar a ler

Categories: HISTORIA, HISTORIA DE CUBA, POLÍTICA, Uncategorized | Deixe um comentário

As birras de Trump e seu muro.

Fazem com que o governo dos EUA feche suas portas.

Embora seja difícil acreditar, o governo dos EUA fechou parcialmente suas portas: o bloqueio atinge 25% das agências federais, o que pode afetar até 800 mil funcionários, onde agências como a agência aeroespacial NASA e o Departamento de Comércio, eles aparecem entre os mais prejudicados, mas, em vez disso, as Forças Armadas conseguiram financiamento.

Não está claro por quanto tempo o fechamento parcial durará, depois que o Senado adiou a reunião no sábado sem chegar a um acordo sobre o financiamento do muro que o presidente Donald Trump quer construir na fronteira com o México. Em uma sessão incomum no sábado, a Câmara dos Deputados e o Senado retomaram as discussões sobre o financiamento – de cinco bilhões de dólares para construir um muro na fronteira com o México – com uma contraproposta do vice-presidente Mike Pence aos legisladores democratas.

Para o presidente Donald Trump, o assunto não é fácil de lidar e ele teve que suspender sua viagem de Natal para a Flórida. Durante um almoço com legisladores conservadores, ele ouviu vozes dissonantes: alguns estavam dispostos a lutar pela construção do muro, enquanto outros preferiam avançar para a reabertura do governo. Trump twittou que ele estava negociando com os democratas sobre a segurança na fronteira “que é desesperadamente necessária” (gangues, drogas, tráfico de seres humanos e mais), mas pode ser uma longa permanência “.

O fechamento é parcial porque três quartos do governo, incluindo o Pentágono, têm financiamento até setembro de 2019, mas a gestão de recursos para os demais expirou à meia-noite de sexta-feira: entre eles os Departamentos de Segurança Nacional, Justiça, Transporte, Tesouro. , Interior e Agricultura.

“O presidente Donald Trump está mergulhando o país no caos”, disse o líder democrata no Senado, Chuck Schumer. “Abandone sua estratégia de fechamento … Você não terá o muro hoje, na próxima semana, ou em 3 de janeiro, quando os democratas assumirem o controle da Câmara”, alertou o congressista.

O líder da maioria republicana no Senado, Mitch Mc Connell, também lançou um pedido de apoio aos democratas: “Apertamos o botão de pausa até o presidente, que precisará de uma assinatura, e os democratas do Senado, que precisarão votos, chegar a um acordo “.

Com isso, a administração Trump acrescenta seu terceiro fechamento até agora este ano. Em janeiro, houve um bloqueio de dois dias e um mês depois outro de poucas horas, ambos devido a conflitos de imigração. Mas desta vez o presidente anunciou que o fechamento será por tempo indeterminado e tem a peculiaridade de ocorrer após várias renúncias em seu gabinete, incluindo a do secretário de Defesa James Mattis na semana passada.

Com as eleições legislativas de meio de mandato, a composição das câmaras do Congresso mudou, de modo que em 3 de janeiro a nova legislatura dos deputados contará com a maioria dos democratas, o que deixaria Trump e os republicanos em desvantagem para sua proposta orçamentária. A líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi, disse que se Trump e os republicanos decidirem continuar com o fechamento do governo, a nova Câmara dos Representantes com maioria democrata adotará rapidamente a legislação em janeiro para reabrir a administração.

Democratas e republicanos culpam um ao outro. “A crise da atividade ilegal em nossa fronteira sul é real e não vamos parar até construirmos uma grande barreira de aço ou tijolo. Deixe o trabalho começar! “Trump twittou. Da Casa Branca consideram que a oposição é a que deve adaptar aos pedidos do Presidente e ceder, inclusive no orçamento os 5,000 milhões de dólares para o muro.

Em resposta, os líderes democratas culparam o presidente por ter rejeitado nesta semana uma lei que já havia sido aprovada pelo Senado com o apoio de democratas e republicanos para financiar o governo até 8 de fevereiro. Essa lei incluía 1.300 milhões de dólares para a segurança das fronteiras, mas Trump insistiu nos 5.000 milhões.

“O presidente Trump fez uma birra e convenceu os republicanos a empurrar o nosso país para um destrutivo ‘fechamento de Trump'”, disseram os líderes da Câmara Democrata no Congresso, Schumer e Pelosi, em um comunicado conjunto. O senador Bob Martinez foi adicionado a eles. “O presidente Trump queria um fechamento do governo e agora ele tem. Depois de rejeitar uma oferta bipartidária de US $ 1,6 bilhão pela segurança nas fronteiras, o presidente prefere manter o governo federal dos Estados Unidos como refém. ”

Para aprovar o jogo, os republicanos precisam de pelo menos nove votos democratas no Senado. Até sábado eles tinham apenas 51 das cem cadeiras e a lei, a ser promulgada, precisa do apoio de 60 legisladores.

Categories: ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Politica Exterior, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Os tentáculos de Bolsonaro contra Cuba.

Bolsonaro está de olho em Washington e na administração Trump, facilitando seu andaime político anti-cubano e anti-venezuelano para aconselhar o binômio Jair-Eduardo, pai e filho.

SERIA ingênuo acreditar que o ataque de Jair Bolsonaro contra os médicos cubanos para que abandonassem o Brasil, não faça parte de um plano maior, cujos tentáculos estão vindo à luz, embora não tenha assumido a presidência.

Mas já está claro até que ponto consegue chegar com suas intrigas contra a Ilha que salvou a vida de milhares de seus conterrâneos e atendeu com meticuloso profissionalismo a milhões deles.

Bolsonaro está de olho em Washington e da administração Trump, que já vai para ajudá-lo, não apenas com conselhos, mas facilitando seu andaime político anticubano e anti-venezuelano para aconselhar o binômio Jair-Eduardo, pai e filho. Continuar a ler

Categories: # Cuba, #America Latina, #Bolsonaro, #Estados Unidos, CORRUPÇÃO, CUBA - ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Politica agressiva contra Cuba, TERRORISMO VS CUBA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

O que o velho continente deixou em 2018.

Vários foram os eventos que abalaram o chamado velho continente no ano em que dissemos adeus, que injetou medos e preocupações, que pesaram sobre a sua organização, a União Européia.

Houve vários eventos que chocaram o chamado velho continente no ano entreabertos, que injetadas medos e preocupações, o que prejudicou a sua organização, a União Europeia (UE), o centro dessas linhas como bloco continental. O Granma revê alguns desses momentos dos últimos 12 meses.

Brexit, Reino Unido

Ainda restam 93 dias para o Reino Unido deixar a UE, mas neste momento ninguém sabe se haverá Brexit ou outro referendo. Falou-se em nenhum acordo para o Brexit, mas a primeira-ministra, Theresa May, chegou a um acordo que o Parlamento deveria ter votado no início deste mês. Mas May suspendeu a votação no último minuto porque ia perdê-la e anunciou que seria feita em janeiro. Continuar a ler

Categories: EUROPA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Como a América Latina viveu o ano em que termina?

A América Latina tem vivido nos últimos anos – e a que conclui não é a exceção – um processo de direita com o surgimento de alguns governos desse alinhamento e políticas neoliberais.

A vitória de López Obrador nas eleições foi uma das grandes conquistas da América Latina em 2018.

A América Latina tem vivido nos últimos anos – e a que conclui não é a exceção – um processo de direita com o surgimento de alguns governos desse alinhamento e das políticas neoliberais, em países onde líderes populares e a esquerda estabeleceram diretrizes no inclusão social dos seus cidadãos.

Neste sentido, o Presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez, falando durante a XXV Reunião do Fórum de São Paulo, realizada em Havana em 17 de julho de 2018, advertiu que “a esquerda enfrenta o desafio de salvar os conquistados, para acabar com o neoliberalismo que nos chega para tentar apagar as conquistas alcançadas pelos nossos povos ».

O presidente cubano disse que a Doutrina Monroe está novamente acostumada às injustas medidas coercitivas unilaterais dos Estados Unidos e alguns de seus aliados se juntam à interferência escandalosa do mar; a manipulação dos consórcios de mídia, a imprensa privada, as redes sociais como parte da guerra não convencional também criam estados de opinião que causam confusão e desânimo. Continuar a ler

Categories: #AmericaLatina, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

África: a mais carente de solidariedade.

Este 2018, África y el mundo celebraron el centenario de Nelson Mandela; sobre sus ideas de un continente libre de cualquier discriminación, la comunidad internacional participa en el desarrollo de esa geografía, la más necesitada de la solidaridad.
Deve ser estranho, mas não é assim. São notícias de um mundo real e nada maravilhoso exposto a guerras e fome. É a África, o berço dos nossos antepassados e a terra sofrida a que a humanidade deve tanto.

Em 2018, a África e o mundo comemoraram o centenário de Nelson Mandela; em suas idéias de um continente livre de qualquer discriminação, a comunidade internacional participa do desenvolvimento dessa geografia, a que mais precisa de solidariedade.

A maioria das informações que ler, ouvir ou ver relacionadas com os países africanos, contêm uma dose letal de alta, tanto para aqueles que morrem em guerras, bombardeios no Iêmen, grupos terroristas, conflitos locais, ou também eles morrem em sua “outra guerra”, a fome, as doenças, a falta de água …

Imagino que o mundo incerto pensando e implorando por 2019 seja um ano de paz, de comida para os famintos e remédios para os doentes; um ano em que há um investimento real que inverte a atual situação social nesses países. Continuar a ler

Categories: ÁFRICA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: