HISTORIA

LAÇOS DE CUBA E AFRICA EM CIFRAS.

Foto de Embajada de Cuba en Cabo Verde.

Anúncios
Categories: Uncategorized, SAÚDE, SOCIEDADE, CUBA - ÁFRICA, ÁFRICA, EDUCAÇÃO, CUBA, ANGOLA, CUBA-ANGOLA, AMERICA LATINA, #salud, HISTORIA | Etiquetas: | Deixe um comentário

O QUE VOCÊ SENTIU AO CONHECER A VIDA DO CHE ?

Na minha vida o impacto foi profundo.

Foto de Vitórias da Revolução Cubana.

 

Categories: Uncategorized, CUBA, agentina, AMERICA LATINA, HISTORIA, "Comandante Che Guevara" | Etiquetas: | Deixe um comentário

Angolanos comemoram Início da Luta Armada.

dd

Comemora-se este domingo, 4 de Fevereiro, o 57º aniversário do Início da Luta Armada de Libertação Nacional.

A data constitui um marco indelével na história da resistência ao regime colonial-fascista português, que culminou com a proclamação da Independência Nacional, a 11 de Novembro e 1975.

Na madrugada de 4 de Fevereiro de 1961, um grupo de homens e mulheres, munidos de paus, catanas e outras armas brancas atacou a casa de reclusão e a cadeia de São Paulo, em Luanda, para libertar presos políticos ameaçados de morte.

Em resposta ao ataque, o regime colonial-fascista reagiu brutalmente com uma acção de repressão em todo o país, com assassinatos, torturas e detenções arbitrárias.

Essas prisões e assassinatos de pessoas indefesas levou alguns nacionalistas a organizarem-se para a luta de libertação.

Os preparativos da acção tiveram início em 1958, em Luanda, com a criação de dois grupos clandestinos, um abrangendo os subúrbios e outro a zona urbana, coordenados por Paiva Domingos da Silva, Imperial Santana, Virgílio Sotto Mayor e Neves Bendinha (já falecidos).

A acção inseriu-se também no anseio da população e na necessidade de se passar as formas de luta que correspondessem à rigidez da administração colonial. Para tal, valeu a colaboração de cónego Manuel das Neves e outros combatentes.

O 4 de Fevereiro de 1961 é considerado um marco importante da luta africana contra o colonialismo, numa tradição de resistência contra a ocupação que vinha desde os povos de Kassanje, do Ndongo e do Planalto Central.

Os primeiros relatos de realce de resistência à ocupação colonial datam dos séculos XVI e XVII (1559-1600 e 1625-1656), conduzidos por Ngola Kiluanje e Njinga Mbandi.

Os acontecimentos de Fevereiro de 1961 traduziram-se assim numa sublime expressão de nacionalismo, demonstrada pelos angolanos.

Este ano, a província do Bengo vai acolher o acto central das festividades do 4 de Fevereiro.

Fonte: ANGOP/BA

Categories: Uncategorized, POLÍTICA, ÁFRICA, EDUCAÇÃO, ANGOLA, ANIVERSARIO, HISTORIA | Etiquetas: | Deixe um comentário

Sejamos ridículos — Somos Livros.

Nos livros, como na vida, acreditamos nos amores à primeira vista. Acreditamos no cheiro que nos vicia, no toque que nos envolve, nas linhas retas onde somos heróis e princesas, poetas e trovadores, cumplicidades reencontradas, enredos com banda sonora, sinestesia de olhares, respirações alinhadas ao ritmo de poemas. Acreditamos desde 1732. Juntos, testemunhamos lágrimas, intrigas, […]

 

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, CULTURAIS, EDUCAÇÃO, HISTORIA, Portugal, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Luanda foi fundada há 442 anos.

Capital angolana está mais velha
Fotografia: Edições Novembro

| O Liceu Salvador Correia é chamado à conversa como ponto de partida, onde Dionísio Rocha, autor do registo musical “Minha Cidade”, recorda os seus tempos de aluno e a insistência do seu professor de Português, com quem aprendeu a versificação, que, de alguma forma, serviu para o seu ofício de letrista musical. Continuar a ler

Categories: ANGOLA, ANIVERSARIO, ÁFRICA, CULTURAIS, EDUCAÇÃO, HISTORIA, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

“Martí e de Fidel”.

Martí e de Fidel  é impossível não achar o nexo comum; quando se olha a obra da cada um e as ideias que marcaram sua vida.

Categories: AMERICA LATINA, ANGOLA, ANIVERSARIO, ÁFRICA, EDUCAÇÃO, HISTORIA, Jose Marti, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Modernização do Museu Regional.

A lona de divulgação cultural colocada na fachada do Museu Regional da Huíla, na cidade do Lubango, despertou a atenção do estudante de História do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), António Cafivela, que  pela sua curiosidade,  foi recebido pela responsável da instituição museológica Filomena Zenguela.

O trabalho de modernização do Museu Regional da Huíla, desenvolvido desde 2011, permitiu a recuperação de estátuas com históricos importantes na trajectória do país.

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, CIÊNCIA, EDUCAÇÃO, HISTORIA, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Os ritmos do Brasil.

Não vão faltar destinos para quem quer percorrer o mapa de um Brasil musical e folclórico. Antepassados de diferentes povos que viveram no país à época da colonização deixaram como herança danças e ritmos que se mesclaram e resultaram em um legado cultural que compõe a identidade do povo brasileiro e pode ser encontrado de […]

 

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, Brasil, CULTURAIS, HISTORIA, MUSICAS, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

“Grande é a palavra”

images (8).jpg

¡Grande é a palavra quando cavalga na razão! Juntar-se: esta é a palavra do mundo • Quando um povo se divide se mata • O homem que o nega tudo, a quem se nega é a si mesmo. • Esta não é só a revolução da cólera. É a revolução da reflexão.

Categories: Uncategorized, CUBA - ÁFRICA, ÁFRICA, CUBA, ANGOLA, ANIVERSARIO, CUBA-ANGOLA, AMERICA LATINA, HISTORIA, Jose Marti | Etiquetas: | Deixe um comentário

Homenagem dos meninos Cubano a José Martí.

Producción-de-bustos-de-Martí-2

Eu abraço a todos os que sabem amar.

Homens recolherá quem semeia escolas.

Categories: AMERICA LATINA, amor, ANGOLA, ANIVERSARIO, ÁFRICA, CUBA, CUBA - ÁFRICA, CUBA-ANGOLA, EDUCAÇÃO, HISTORIA, Jose Marti, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: