Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela

A Missão de Verificação da ONU apresenta seu relatório sobre a implementação do Acordo de Paz na Colômbia.

Categories: #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ONU, #Trump, @Trump, América Latina e do Caribe como Zona de Paz, Colombia, COLOMBIA ACUERDOS DE PAZ, Coronavirus, CoronaVirus, Política, FORA TRUMP, Havana, capital da unidade, integração e paz, mobilização pela paz, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, Politica Exterior, relações bilaterais, o governo Donald Trump, SANCIONES, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, venezuela | Deixe um comentário

Peronista, amigo de Fidel Castro e admirador de ‘Che’ Guevara: as ligações de Maradona com o lado canhoto da política..

Retirado do RT.

Nascido em Villa Fiorito, bairro humilde da cidade portenha de Lomas de Zamora, o ídolo argentino Diego Armando Maradona, falecido nesta quarta-feira aos 60 anos, nunca esqueceu suas origens. “Cresci em um bairro particular de Buenos Aires. Privado de eletricidade, água, telefone”, disse ironicamente em 2004, em uma de suas frases mais memoráveis.

Peronista, amigo de Fidel Castro y admirador del 'Che' Guevara: Los vínculos de Maradona con el lado zurdo de la política

Talvez por isso, e apesar das fortunas que conquistou como jogador, sempre se expressou politicamente ao lado dos pobres, contra a desigualdade e a favor da justiça social.

É que, fora dos campos, Diego sempre se mostrou um homem com consciência de classe, comprometido com as ideias socialistas e, na Argentina, com o peronismo, com todas as suas complexidades.

As ideias do ídolo, que também provocam rejeição nos setores conservadores, não eram apenas conhecidas por suas próprias afirmações, mas marcadas na pele. No braço direito, o argentino usava e exibia com orgulho uma tatuagem do líder da Revolução Cubana, também o argentino Ernesto ‘Che’ Guevara.

Mas a ilha também foi unida por uma profunda amizade com Fidel Castro, que o recebeu em seu país para tratamento de saúde entre 2000 e 2005.

O destino faria com que morresse no mesmo dia que seu “comandante”, como Maradona chamava Castro, falecido em 25 de novembro de 2016.

Maradona e o Socialismo do Século XXI

Sua posição política também o aproximou de outros líderes latino-americanos, como o ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, o líder boliviano Evo Morales, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ou seus compatriotas Néstor Kirchner e Cristina Fernández de Kirchner.

O apoio apaixonado de Diego Armando aos dirigentes do chamado Socialismo do Século XXI o levou a compartilhar uma viagem de trem com Chávez e Morales, em 2005, quando se realizou a lembrada ‘contra cimeira’ ou III Cúpula na cidade de Mar del Plata. de los Pueblos, em que foi rejeitado o acordo de livre comércio, conhecido como ALCA, que excluía Cuba.

Esse evento foi organizado em oposição à Cúpula das Américas, da qual participou o ex-presidente dos Estados Unidos George Bush. “Tudo o que Fidel e Chávez fizerem será para mim a maior coisa neste mundo que o assassino de Bush, o demônio, quer governar, como lhe disse o professor”, apontou então um Maradona que jogava politicamente de esquerda.

Após a morte de Chávez, o argentino manteve sua relação com o governo bolivariano da Venezuela por meio de Nicolás Maduro, a quem inclusive ofereceu ajuda para enfrentar a crise.

Os ‘irmãos’ Evo e Diego

Com Evo Morales, o vínculo foi além da política e se estendeu ao esporte. Em 2008, o ex-campeão mundial no México de 1986 jogou uma partida no Estádio Olímpico de La Paz, exigindo que a proibição da FIFA de jogar partidas internacionais a mais de 2.750 metros acima do mar fosse suspensa.

No campo esportivo, sempre criticou a liderança do órgão regulador do futebol mundial. Suas acusações de corrupção nos mais altos escalões do órgão tiveram correlação com o escândalo do ‘portão da FIFA’, pelo qual vários ex-diretores foram condenados.

Em novembro do ano passado, o astro expressamente rejeitou o golpe na Bolívia em suas redes sociais. E o ex-presidente lamentou a morte de seu “irmão” na quarta-feira, como ele considerou de sua conta no Twitter.

Sempre peronista

Na Argentina, onde é venerado pela maioria por ter conduzido a Seleção Albiceleste à sua consagração máxima, o compromisso de Maradona com o progressismo suscita repulsa em alguns setores da direita, especialmente o antiperonismo, embora haja quem prefira separar sua posição ideológica do que Esportes.

“Fui, sou e serei sempre um peronista”, foi uma das últimas frases políticas do ex-técnico de Ginástica e Esgrima La Plata, por ocasião do Dia da Fidelidade que o movimento celebra todo dia 17 de outubro.

Seu apoio constante a Cristina Kirchner e ao atual presidente Alberto Fernández -com quem se reuniu em dezembro, logo após a posse-, bem como as duras críticas que fez ao ex-presidente Mauricio Macri, aumentaram o amor e o ódio de ambos os lados da chamada. ‘crack’ que divide os argentinos.

Fernández decretou nesta quarta-feira três dias de luto e disponibilizou a Casa Rosada para o maciço velório do maior ídolo esportivo da Argentina que ali se realizará, e da cidade de Nápoles, na Itália, onde os torcedores fizeram vigília para despedir o ‘ rei’.

Categories: #Argentina, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Cuba, fidel castro, deporte, Deportes Mundiales, Evo Moraless, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel Castro y Hugo Chávez., Hugo Chavez, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela | Etiquetas: | Deixe um comentário

Justiça venezuelana emite mandados de prisão.

Por :RT

O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, informou nesta sexta-feira sobre a emissão de mandados de prisão e congelamento de bens a um grupo de funcionários nomeados pelo vice da oposição Juan Guaidó, por sua suposta relação com a retenção de ouro venezuelano no Banco da Inglaterra e pela oferta do território em reivindicação do Essequibo à Guiana.

Justicia venezolana emite órdenes de aprehensión contra 'funcionarios' de Guaidó por el oro en el Banco de Inglaterra y la disputa del Esequibo

William Saab informou que essas ordens são contra Ricardo Adolfo Villasmil, Giacoma Cuius Cortesia, Manuel Rodríguez Armesta, Nelson Andrés Lugo e Carlos Antonio Suárez, que foram nomeados pelo autoproclamado “presidente encarregado” como membros do Conselho de Administração do Banco Central do Brasil. Venezuela (BCV), sem que isso tenha validade legal.

Da mesma forma, essa medida foi proferida contra: José Ignacio Hernández, Irene De Lourdes Loreto e Geraldine Afiuni, que são “falsos funcionários do ‘Gabinete do Procurador Especial (posição que não existe na Constituição)”.

Os crimes acusados ​​são: traição à pátria, usurpação de funções e associação para cometer um crime.

Neumann, ouro e o Essequibo
O promotor também anunciou os mandados de prisão contra Vanessa Neumann, a “representante” de Guaidó no Reino Unido, que Caracas diz estar relacionada à oferta de entregar o Essequibo à Guiana; Julio Borges e Carlos Vecchio, que já são fugitivos da Justiça venezuelana.

Essa decisão foi tomada depois da quinta-feira passada, o Supremo Tribunal britânico anunciou que permitirá que Guaidó, e não o Estado venezuelano, acesse as 31 toneladas de ouro do país sul-americano, no valor de US $ 1,8 bilhão, que mantém retido. Banco da Inglaterra.

Da mesma forma, no dia anterior, o vice-presidente venezuelano, Delcy Rodríguez, denunciou em entrevista coletiva as supostas negociações de Neumann com Guaidó, a quem ele teria pedido, em troca de reconhecimento como “presidente”, as reservas de ouro venezuelanas e o território .

Categories: # Venezuela, #Nicolás Maduro, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, EUROPA, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, novo mandato presidencial de Nicolás Maduro, promovendo a autoproclamação do deputado Juan Guaidó como "presidente encarregado, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Ação contra agressão.

O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, pediu na segunda-feira ao Supremo Tribunal que declare o partido Vontade Popular, liderado pelo opositor Leopoldo López, como uma “organização criminosa para fins terroristas”, acrescentando que devido à sua história violenta , deve ser dissolvido de acordo com a lei. Ao mesmo tempo, o país bolivariano aprecia a chegada do primeiro petroleiro do Irã, enquanto um segundo navio já está em águas territoriais.

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Leopoldo Lópe, agressão internacional contra a Venezuela,, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos, Nicolás Maduro Moros, Política, Rússia, Sociedade, Venezuela, Nicolás Maduro, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, Petroleo, Uncategorized, Washington | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

“Os EUA não têm um chefe de Estado, mas um gangster”

O diplomata iniciou seu discurso aludindo às palavras do presidente dos EUA, que disse quarta-feira que “cercou” o país sul-americano “em um nível que ninguém sabe”.

Categories: # Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro, #Nicolás Maduro Moros, #Trump, @Trump, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, Estados Unidos Venezuela, EUA contra a Venezuela na ONU, FORA TRUMP, interessados na Venezuela?, invasão militar contra a Venezuela, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, relações bilaterais, o governo Donald Trump, RUSIA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Falha na incursão, última manobra para o golpe na Venezuela.

O governo da Venezuela denunciou perante o Conselho de Segurança da ONU os planos militares que, segundo Caracas, foram orquestrados pela Colômbia e pelos Estados Unidos. O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, referiu-se à tentativa fracassada de uma incursão marítima em 3 de maio na costa do estado de La Guaira. Nesta semana, a prisão dos desertores militares envolvidos também foi anunciada.

Categories: # Venezuela, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #Nicolás Maduro, agressão internacional contra a Venezuela,, Democracia, Golpe de Estado, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, novas tentativas de golpe, O golpe na Venezuela e a ascensão da nova ditadura mundial, promovendo a autoproclamação do deputado Juan Guaidó como "presidente encarregado, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Jorge Arreaza, rejeitou as acusações do governo Trump .

O governo da Venezuela divulgou nesta quinta-feira um comunicado no qual denuncia os Estados Unidos. e o presidente Donald Trump, por não cooperar na luta contra o terrorismo, depois que o Departamento de Estado daquele país acusou a Venezuela de não fazer nada para combater o terrorismo.

Venezuela denuncia que EE.UU. le acuse de "no cooperar en la lucha contra el terrorismo" tras "haber sufrido una incursión armada" bajo su dirección

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, rejeitou as acusações do governo Trump “, que procuram classificar o governo venezuelano como ‘não cooperativo na luta contra o terrorismo’ depois de sofrer uma incursão armada para fins terroristas, sob a direção do governo dos EUA. “, Como ele escreveu em sua conta no Twitter.

Em 13 de maio, o Departamento dos EUA publicou uma lista de países que, segundo eles, não cooperam na luta contra o terrorismo. Países como Cuba, Irã e Venezuela aparecem nesta lista, países que não estão alinhados aos interesses de Washington.

Isso, depois que a Venezuela acusou a Colômbia e os Estados Unidos. perante as Nações Unidas, para organizar, treinar, financiar e proteger “grupos armados de mercenários e terroristas”, implicados na tentativa fracassada de uma incursão marítima no território venezuelano em 3 de maio.

Na declaração, o governo da Venezuela indicou que Washington demonstrou repetidamente seu desprezo pelo direito internacional contra o terrorismo “, oferecendo refúgio a terroristas, recusando-se a implementar acordos de assistência mútua em matéria penal, violando o princípio de extradição ou julgamento. aos acusados ​​de terrorismo e fornecer apoio financeiro, logístico e de treinamento aos culpados por esses crimes “.

Arreaza, chefe do Ministério das Relações Exteriores, observou que os EUA é “o principal patrocinador do terrorismo no mundo”.

“Não é segredo para ninguém que o surgimento e a ação de grupos terroristas no Oriente Médio tenham a assinatura original das agências de inteligência dos EUA”, diz ele.

Nesse sentido, o governo venezuelano indicou que a ideologia da cooperação antiterrorista “nada mais é do que uma estratégia de agressão”.

Caracas indicou um plano desenvolvido por “um setor extremista da oposição venezuelana”, liderado pelo congressista Juan Guaidó, através de um contrato assinado com a ex-boina verde e proprietário do empreiteiro da Silvercorp USA, Jordan Goudreau, para realizar um ataque fracassado. marítimo no território venezuelano com o objetivo de supostamente derrubar e assassinar o presidente Nicolás Maduro.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro, #solidaridadvs bloqueo, EUA avalia retornar a Cuba para lista de estados patrocinadores do terrorismo, FORA TRUMP, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Terrorismo, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Os congressistas exigem que o governo Trump explique a Operação Gideon.

O Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados do Congresso dos Estados Unidos pediu na terça-feira ao governo Donald Trump informações sobre uma incursão marítima armada na Venezuela em 3 de maio.

El congresista Engel expresó que el Congreso necesita saber si las leyes fueron quebradas por ciudadanos y empresas estadounidenses.

O congressista republicano Eliot Engel, presidente do comitê, exigiu que o governo Donald Trump respondesse ao planejamento da Operação Gideon, que visava um golpe na Venezuela e o seqüestro do presidente da República, Nicolás Maduro.

“O Congresso precisa de respostas e precisamos delas agora. Precisamos saber se as leis dos EUA foram violadas por cidadãos e empresas dos EUA e se algum elemento do governo dos EUA estava ciente do que estava acontecendo”, escreveu Engel nas mídias sociais.

O congressista republicano Eliot Engel, presidente do comitê, exigiu que o governo de Donald Trump respondesse ao planejamento da Operação Gideon, que endossou um golpe na Venezuela e o ex-presidente da República, Nicolás Maduro.

“O Congresso precisa de respostas e precisamos delas agora. Precisamos saber ler dois fóruns norte-americanos violados por empresas e empresas nos EUA e algum elemento do governo dos EUA sabia que isso estava acontecendo”, disse Engel na mídia social.

Eliot Engel disse que o secretário de Estado Mike Pompeo se recusou a fornecer detalhes sobre o ataque marítimo armado em 3 de maio.

A pedido do Comitê do Congresso, Pompeo disse que seu país não teve uma “participação direta” e afirmou que não “dirigiu”, “guiou” ou “liderou” a tentativa frustrada de golpe de Estado na Venezuela.

Até o momento, as autoridades venezuelanas capturaram 40 envolvidos na Operação Gideon, que tinham o objetivo de seqüestrar e subsequentemente assassinar o presidente constitucional do país, Nicolás Maduro, além de outros líderes que fazem parte do Executivo.

Tags

Categories: # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro Moros, #Trump, @Trump, agressão internacional contra a Venezuela,, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, FORA TRUMP, interessados na Venezuela?, invasão militar contra a Venezuela, Nicolás Maduro, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Republicanos ou democratas, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Forças armadas dos EUA ligadas à incursão na Venezuela.

Categories: # Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Nicolás Maduro, EE. UU insiste em desestabilizar a Venezuela, FORA TRUMP, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, Os EUA querem que a Venezuela seja devastada e empobrecida", relações bilaterais, o governo Donald Trump, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O correspondente da RT recebe ameaças de morte.

“Para livrar o mundo dos cúmplices de Maduro como você, faço o trabalho de graça”, ameaçou Érika Ortega, da conta da empresa de segurança Silvercorp USA.

Categories: # Venezuela, #Nicolás Maduro, agressão internacional contra a Venezuela,, Guaidó, um "presidente" sem território, interessados na Venezuela?, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, Uncategorized, Venezuela tras la autoproclamación de Guaidó | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: