AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca

Honduras insta a Guatemala a investigar a detenção de uma caravana de migrantes com destino aos Estados Unidos.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #salud, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, Coronavirus, CoronaVirus, Política, Derechos Humanos, Emigracion, epidemia, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, IMIGRANTE, MEXICO, Presidente do Mexico, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Agora, se eles estão na cara, todos clamam por uma invasão armada contra Cuba..

Categories: "La epopeia de Angola", "Miss Angola", #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Estados Unidos, A obsessão dos Estados Unidos, ações subversivas, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, Agencia Central de Inteligencia de Estados Unidos (CIA), AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, ANGOLA, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, Contrarevolucion, Cooperacion Cuba y Angola., Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA-ANGOLA, Declaração do governo revolucionário, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, Fidel Castro Ruz, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, INTERNACIONALISTAS DE ANGOLA, Manipulacion, Manipulacion Politica, Os Estados Unidos estão se preparando para subverter a Revolução Cubana através da Internet, Subversão contra Cuba, Subversión | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Peronista, amigo de Fidel Castro e admirador de ‘Che’ Guevara: as ligações de Maradona com o lado canhoto da política..

Retirado do RT.

Nascido em Villa Fiorito, bairro humilde da cidade portenha de Lomas de Zamora, o ídolo argentino Diego Armando Maradona, falecido nesta quarta-feira aos 60 anos, nunca esqueceu suas origens. “Cresci em um bairro particular de Buenos Aires. Privado de eletricidade, água, telefone”, disse ironicamente em 2004, em uma de suas frases mais memoráveis.

Peronista, amigo de Fidel Castro y admirador del 'Che' Guevara: Los vínculos de Maradona con el lado zurdo de la política

Talvez por isso, e apesar das fortunas que conquistou como jogador, sempre se expressou politicamente ao lado dos pobres, contra a desigualdade e a favor da justiça social.

É que, fora dos campos, Diego sempre se mostrou um homem com consciência de classe, comprometido com as ideias socialistas e, na Argentina, com o peronismo, com todas as suas complexidades.

As ideias do ídolo, que também provocam rejeição nos setores conservadores, não eram apenas conhecidas por suas próprias afirmações, mas marcadas na pele. No braço direito, o argentino usava e exibia com orgulho uma tatuagem do líder da Revolução Cubana, também o argentino Ernesto ‘Che’ Guevara.

Mas a ilha também foi unida por uma profunda amizade com Fidel Castro, que o recebeu em seu país para tratamento de saúde entre 2000 e 2005.

O destino faria com que morresse no mesmo dia que seu “comandante”, como Maradona chamava Castro, falecido em 25 de novembro de 2016.

Maradona e o Socialismo do Século XXI

Sua posição política também o aproximou de outros líderes latino-americanos, como o ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, o líder boliviano Evo Morales, o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ou seus compatriotas Néstor Kirchner e Cristina Fernández de Kirchner.

O apoio apaixonado de Diego Armando aos dirigentes do chamado Socialismo do Século XXI o levou a compartilhar uma viagem de trem com Chávez e Morales, em 2005, quando se realizou a lembrada ‘contra cimeira’ ou III Cúpula na cidade de Mar del Plata. de los Pueblos, em que foi rejeitado o acordo de livre comércio, conhecido como ALCA, que excluía Cuba.

Esse evento foi organizado em oposição à Cúpula das Américas, da qual participou o ex-presidente dos Estados Unidos George Bush. “Tudo o que Fidel e Chávez fizerem será para mim a maior coisa neste mundo que o assassino de Bush, o demônio, quer governar, como lhe disse o professor”, apontou então um Maradona que jogava politicamente de esquerda.

Após a morte de Chávez, o argentino manteve sua relação com o governo bolivariano da Venezuela por meio de Nicolás Maduro, a quem inclusive ofereceu ajuda para enfrentar a crise.

Os ‘irmãos’ Evo e Diego

Com Evo Morales, o vínculo foi além da política e se estendeu ao esporte. Em 2008, o ex-campeão mundial no México de 1986 jogou uma partida no Estádio Olímpico de La Paz, exigindo que a proibição da FIFA de jogar partidas internacionais a mais de 2.750 metros acima do mar fosse suspensa.

No campo esportivo, sempre criticou a liderança do órgão regulador do futebol mundial. Suas acusações de corrupção nos mais altos escalões do órgão tiveram correlação com o escândalo do ‘portão da FIFA’, pelo qual vários ex-diretores foram condenados.

Em novembro do ano passado, o astro expressamente rejeitou o golpe na Bolívia em suas redes sociais. E o ex-presidente lamentou a morte de seu “irmão” na quarta-feira, como ele considerou de sua conta no Twitter.

Sempre peronista

Na Argentina, onde é venerado pela maioria por ter conduzido a Seleção Albiceleste à sua consagração máxima, o compromisso de Maradona com o progressismo suscita repulsa em alguns setores da direita, especialmente o antiperonismo, embora haja quem prefira separar sua posição ideológica do que Esportes.

“Fui, sou e serei sempre um peronista”, foi uma das últimas frases políticas do ex-técnico de Ginástica e Esgrima La Plata, por ocasião do Dia da Fidelidade que o movimento celebra todo dia 17 de outubro.

Seu apoio constante a Cristina Kirchner e ao atual presidente Alberto Fernández -com quem se reuniu em dezembro, logo após a posse-, bem como as duras críticas que fez ao ex-presidente Mauricio Macri, aumentaram o amor e o ódio de ambos os lados da chamada. ‘crack’ que divide os argentinos.

Fernández decretou nesta quarta-feira três dias de luto e disponibilizou a Casa Rosada para o maciço velório do maior ídolo esportivo da Argentina que ali se realizará, e da cidade de Nápoles, na Itália, onde os torcedores fizeram vigília para despedir o ‘ rei’.

Categories: #Argentina, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Cuba, fidel castro, deporte, Deportes Mundiales, Evo Moraless, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel Castro y Hugo Chávez., Hugo Chavez, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela | Etiquetas: | Deixe um comentário

Ahí les va… o resumo informativo .

Categories: #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, España, México, Presidente do Mexico, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Últimas informações sobre a situação do coronavírus na América Latina.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, decidiu prolongar o estado da catástrofe por 90 dias devido à pandemia. Por seu lado, as autoridades mexicanas garantiram que a curva foi excedida e os casos de contágio estão diminuindo. Enquanto isso, na Argentina, após o relaxamento das medidas preventivas, mais contágios foram registrados no país, o que gerou preocupação por parte do presidente Alberto Fernández.

Categories: #Argentina, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #Jair Bolsonaro, #salud, AMLO, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, Presidente do Mexico, Profesionales e la Salud, provocações Jair Bolsonaro, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

O México excedeu 120.000 infecções pelo Covid-19.

Por teleSUR

O México superou 120.000 infecções e 14.000 mortes pelo Covid-19 na segunda-feira, adicionando 2.999 novos casos e 354 mortes nas últimas 24 horas.

Segundo as autoridades de saúde, até segunda-feira o país registrou um total de 120.102 infecções e 14.053 mortes desde o início da pandemia de coronavírus, em 28 de fevereiro.

Ver imagen en Twitter

Os 2.999 novos casos representam o número mais baixo desde 4 de junho, atingindo um pico de 4.442 infecções em um único dia.

As autoridades de saúde também têm um relatório de 1.284 mortes suspeitas que estão em processo de estudos de laboratório para confirmar se a causa da morte foi o coronavírus.

Cidade do México é a entidade com os casos mais ativos (3.973), seguida pelo Estado do México (2.153); Jalisco (1.102); Tabasco (998); e Guanajuato (859).

Em 1º de junho, o México avançou para o chamado “novo normal”, apesar de o pico da pandemia no país não ter sido excedido. No momento, as atividades são regidas por um semáforo de quatro cores, de acordo com o grau de severidade da epidemia em cada estado.

A partir deste semáforo, os governadores devem elaborar um plano para reabrir as atividades econômicas e o espaço público.

Categories: #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O mais recente sobre o impacto do coronavírus na América Latina.

A América Latina, o novo epicentro da pandemia de coronavírus, registrou registros de mortes em vários países, motivo pelo qual alguns governos estenderam as restrições. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, ampliou a quarentena nas áreas mais afetadas do país. Enquanto isso, o Brasil, um dos países mais afetados, parou de relatar o número total de mortes e casos de covid-19, uma decisão apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Categories: #Argentina, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Peru, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Panorama na América Latina contra o Covid-19.

O Brasil registrou um novo número máximo de mortes em um dia devido ao coronavírus: mais de 1.200. Enquanto na Venezuela, o governo anunciou um pacto com os partidos da oposição para combater a covid-19. O México também alcançou outro recorde de contágios em um dia e dois dias após flexibilizar certas restrições. No Chile, o Ministério da Saúde anulou a regra que permitia que pessoas assintomáticas passassem 10 dias em quarentena em vez de 14.

Categories: #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, epidemia, México, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

América Latina em Covid-19 vezes.

A América Latina excede um milhão de positivos para a covid-19 e dobra os casos nas últimas duas semanas. Esta região já registra mais de 50.000 mortes devido à pandemia. O Brasil tem quase metade das infecções na região e ocupa o segundo lugar no mundo, com mais de 514.000 infectados.

Categories: #America Latina, #Argentina, #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #Peru, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, Brasil al poderío militar de EE.UU, epidemia, EUROPA, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

A América Latina excedeu um milhão de casos de coronavírus.

A América Latina, atual epicentro da pandemia de Covid-19, ultrapassou o milhão de infectados por coronavírus neste domingo, metade dos casos foram registrados no Brasil.

Segundo o balanço da Universidade Jhons Hopkisns, o número de casos registrados na América Latina subiu para 1.020.116 e o ​​número de mortes atingiu 51.518.

De acuerdo al balance de la Universidad Johns Hopkins la cifra de casos registrados en América Latina subió a 1.020.116 y la de muertos arribo a 51.518.

Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, 29.314 pessoas morreram com a doença, equilíbrio que coloca o país sul-americano atrás dos Estados Unidos, o mais afetado com 104.356 mortes, o Reino Unido (38.376) e a Itália (33.340).

A situação no Brasil é complicada pela decisão do extremo direito Jair Bolsonaro de se opor ao confinamento que vários governadores e prefeitos decretaram, seguindo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da comunidade científica internacional.

Ver imagen en Twitter

O Peru é o segundo país latino-americano no número de casos de Covid-19, com 164.476 infectados e 4.506 mortos, por sua vez, o Chile ultrapassou 1.000 mortes no domingo e atingiu 100.000 infecções.

O Ministério da Saúde Pública do Equador informou neste domingo que até sábado, 30 de maio, 3.358 mortes e 39.098 pessoas infectadas pelo coronavírus foram registradas desde o início da pandemia no país, em 29 de fevereiro.

A Colômbia atingiu 29.383 infecções pelo coronavírus e 939 mortes após a adição de 1.147 novos casos e 49 mortes, o número diário de mortes é o mais alto desde 6 de março, quando a pandemia chegou ao país

O México registrou 151 mortes e 3.152 casos de coronavírus neste domingo, aumentando para 9.930 mortes e 90.664 infecções no país da América Central desde o início da pandemia.

Mais de 6 milhões de casos do coronavírus foram declarados oficialmente em todo o mundo, dos quais quase dois terços na Europa e nos Estados Unidos.

Categories: # América Latina, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #salud, AMLO, Andrés Manuel López Obrador, estados unidos, México, zona franca, ECUADOR, epidemia, México, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: