Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado

OEA apresenta seu relatório final adiado sobre as eleições na Bolívia

O documento garante que uma quantidade “esmagadora” de evidências possibilite afirmar a existência de “operações maliciosas destinadas a alterar a vontade expressa nas pesquisas”.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, #OEA, #OEA,Luis Almagro, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Carta Democrática da OEA, CUBA-BOLÍVIA, Dança de máscaras na OEA, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Estados Unidos Gobiernos Paralelos Golpe de Estado Golpes Suaves, expulsou da aliança o Secretário Geral da OEA, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, indígena Mayor sindicato de Bolivia da ultimátum de 24 horas antes de huelga general, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Bolívia O fascista Luis Fernando Camacho anuncia sua candidatura à presidência

Resumo da América Latina * / 1 de dezembro de 2019

O líder ultra-direitista, Luis Fernando Camacho, renunciou à presidência do Comitê de Santa Cruz para formalizar sua candidatura à presidência da Bolívia.

O líder racista e fascista do Comitê para Santa Cruz, Luis Fernando Camacho, na época em que publicou sua renúncia como presidente daquela organização civil anunciou oficialmente que apresentaria sua candidatura à presidência nas próximas eleições gerais na Bolívia.

Em 27 de novembro, Camacho, juntamente com o presidente do Comitê Cívico Potosinista (Comcipo), Marco Antonio Pumari, em uma entrevista coletiva, anunciou verbalmente que eles seriam uma fórmula política para as eleições gerais se uma única frente da oposição de extrema direita fosse formada.

Sputnik *

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, Bolívia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, CUBA-BOLÍVIA, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Governo de fato na Bolívia cometeu crimes contra a humanidade

Uma equipe multidisciplinar da delegação argentina de solidariedade com o povo boliviano denunciou, com base em evidências e testemunhos reunidos nos últimos dias, que o governo de fato está cometendo “crimes contra a humanidade” desde a suposição de Jeanine Áñez.

Autor:  | internet@granma.cu

La delegación habló de «violaciones sistemáticas a los derechos humanos» tras haber corroborado delitos tales como la desaparición forzosa de personas, situaciones de tortura en espacios públicos, entre otros crímenes.

A delegação falou de “violações sistemáticas dos direitos humanos” após ter corroborado crimes como o desaparecimento forçado de pessoas, situações de tortura em espaços públicos, entre outros crimes. Foto: Reuters
Uma equipe multidisciplinar da delegação argentina de solidariedade com o povo boliviano denunciou, com base em evidências e testemunhos reunidos nos últimos dias, que o governo de fato está cometendo “crimes contra a humanidade” desde a suposição de Jeanine Áñez.

As informações, publicadas pela Telesur, também alertam que era impossível para essa missão continuar buscando evidências sobre esses atos ilegais, pois eles eram ameaçados pelas mesmas autoridades.

Em particular, o grupo de profissionais e líderes sociais disse a Arturo Murillo, Ministro do Governo do autoproclamado presidente
Jeanine Áñez, como autora de ameaças explícitas contra sua busca por informações.

No aeroporto de Santa Cruz, eles foram adiados e interrogados pela polícia, e também insultados e agredidos por um grupo de manifestantes de extrema direita que seguem Luis Fernando Camacho.

No entanto, a equipe apresentou os resultados preliminares de uma investigação que incluiu entrevistas com vítimas de repressão policial e militar, moradores da cidade de El Alto, líderes sociais, camponeses e nativos.

A delegação falou de “violações sistemáticas dos direitos humanos” após ter corroborado crimes como o desaparecimento forçado de pessoas, situações de tortura em espaços públicos, estupros e crimes sexuais e falta de garantias processuais para detidos, entre outros crimes
que percebem a situação de terror que encontraram lá.

A missão argentina disse ter evidências do “apoio explícito” de países estrangeiros no golpe de estado que derrubou Evo Morales.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Militarização, repressão e luta abalam a Bolívia

O Estado Plurinacional da Bolívia está hoje em uma encruzilhada. Por um lado, os grupos de direita promovem racismo, violência e repressão contra os mais humildes e atropelam a Constituição com o apoio do Exército e da Polícia. Por outro lado, na luta, setores populares, indígenas e camponeses rejeitam o golpe contra Evo Morales

Autor:  | internet@granma.cu

Bolivia está en pie de lucha. Foto: diariodemexico.com

Na terça-feira, a senadora da oposição Jeanine Áñez declarou-se presidente do Senado e depois presidente interina do país sem o quorum legislativo necessário, em uma sessão ilegal atormentada por ações inconstitucionais. “Coincidentemente”, a gangue presidencial foi imposta pelo chefe militar e os primeiros países a reconhecer esse “obrigatório” provisório auto-designado foram os Estados Unidos e o Brasil, além de outro personagem autoproclamado: Juan Guaidó. Para um bom entendimento, a prova desse golpe é suficiente.

Na tentativa de se legitimar “democraticamente”, Áñez nomeou o novo comandante em chefe das Forças Armadas e jurou inconstitucionalmente seu gabinete de fato.

Mas outra é a realidade dentro da sociedade. Militares e tanques abundam nas ruas, sobrevoos de baixa altitude e tiros, além de balas de borracha e gás lacrimogêneo para civis, como uma pacificação. Apesar da onda de violência e repressão, os movimentos sociais de El Alto e dos Ponchos Vermelhos chegaram a La Paz para condenar o golpe e rejeitar a “racista Jeanine Áñez”. Segundo o promotor boliviano, várias pessoas já morreram nestes dias de conflito.

Nesta quarta-feira, a presidente do Senado, Adriana Salvatierra, denunciou as ações da Polícia que não lhe permitiram entrar no prédio do Senado e que atacaram os legisladores do Movimento ao Socialismo (MAS). No México, Evo Morales ofereceu uma conferência de imprensa ontem, onde enfatizou que a única maneira de parar a situação atual é um diálogo nacional e pediu que as Forças Armadas não usassem balas para assassinar o povo. «Se o meu povo perguntar, estamos dispostos a voltar (…). Melhor assim que possível pacificar a Bolívia ”, afirmou.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, Andrés Manuel López Obrador, Bolivia, estados unidos, Evo Morales, Grupo de Lima, Luis Almagro, Mexico, Nicolás Maduro, Red Europea de Solidaridad con la Revolución Bolivariana, venezuela, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, CUBA-BOLÍVIA, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Alerta sobre planos de golpe de #EEUU contra #Bolivia

O recente alerta de planos de um golpe de estado com a participação dos Estados Unidos formulado pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, hoje se encarrega de uma denúncia ao portal Rebelde da Nicarágua.

‘Se Evo Morales vencer as eleições em 20 de outubro, será instaurado um governo de transição cívico-militar. Este novo governo não reconheceria a vitória eleitoral de Evo e alegaria fraude durante as eleições ”, descreve a publicação digital.

A Rebelde da Nicarágua faz essa denúncia sob o rótulo de ‘A Embaixada dos EUA. em La Paz, ele continua suas ações secretas na Bolívia para apoiar o golpe contra o presidente Evo Morales.

Este portal acredita que, para justificar o estabelecimento de um governo paralelo no poder, a oposição precisa criar um clima de instabilidade no país sul-americano.

Para esse fim, ele acrescenta, as forças da oposição através dos comitês cívicos e em aliança com o chamado Coordenador Militar Nacional estão preparando uma tropa de choque juvenil para realizar ações violentas principalmente nas cidades de Santa Cruz e La Paz .

Segundo o portal, esses grupos seriam inseridos nos protestos convocados para provocar violentos confrontos com a polícia, como ocorreu na cidade de Santa Cruz durante o encerramento da campanha do Movimento ao Socialismo (MAS).

Simultaneamente, explica a fonte, ocorreria uma revolta militar, com ações organizadas pelo Coordenador Militar Nacional com o apoio do Sindicato dos Militares Aposentados de Santa Cruz.

Essa última cidade seria a sede do chamado governo de transição para consolidar os planos da oposição de dividir o país em duas frentes: o Ocidente e o Oriente, que gerariam caos e até uma possível guerra civil, explica Nicarágua Rebelde.

Ao se referir aos preparativos para esta operação, o portal indica que de Miami eles partiram para o porto chileno de Iquique, perto da Bolívia, embarcações com armas e munições dentro de contêineres, cuja carga foi declarada como ‘diversa’.

Pessoas não ligadas à oposição foram recrutadas e contratadas com o único objetivo de fornecer seus nomes e remover contêineres do porto.

Nicarágua Rebelde afirma que o cidadão boliviano Juan Carlos Rivero é responsável por comprar as armas nos Estados Unidos e enviá-las ao Coordenador Militar Nacional na Bolívia.

O portal acrescenta que Rivero está diretamente ligado ao político Manfred Reyes, também baseado nos Estados Unidos e à embaixada de Washington em La Paz.

Esse oponente neoliberal reapareceu recentemente na arena pública boliviana, quando, na última semana da campanha eleitoral, ele postou uma mensagem em apoio ao candidato da Comunidade Cidadã, Carlos Mesa.

A Nicarágua rebelde indica que a embaixada dos EUA seguiu permanentemente a entrega de armas e munições por meio de colaboradores secretos, e com esse objetivo eles se encontraram clandestinamente com figuras da oposição boliviana.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, eeuu, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado

José Luis Quiroga, vice-ministro de Assuntos Internos e Polícia da Bolívia.

De Cadenagramonte

O vice-ministro de Assuntos Internos e Polícia da Bolívia, José Luis Quiroga, denunciou a violência de grupos de oposição e estudantes da Universidade Gabriel René Moreno na queima do Tribunal Eleitoral Departamental de Santa Cruz (leste). Continuar a ler

Categories: ENTEL), Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized, violência de grupos de oposição e estudantes da Universidade Gabriel René Moreno | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: