SOCIEDADE

As sete medidas-chave da lei “solidariedade social” proposta por Alberto Fernández

O governo argentino enviou um projeto de lei urgente ao Parlamento para tentar reativar a produção, reduzir os aumentos nos serviços básicos e aumentar as reservas em dólares.

A administração do novo presidente argentino, Alberto Fernández, acaba de enviar um projeto ao Congresso com o objetivo de aplicar uma série de medidas econômicas de emergência para aliviar as despesas em serviços básicos, aumentar as reservas de dólares em face dos difíceis compromissos financeiros do país, renegociar a dívida externa e reativar o sistema produtivo.

Assim, a possível lei de solidariedade social e reativação produtiva – que pode ser modificada durante os debates legislativos – é apresentada como uma resposta à crise pela qual o país sul-americano está passando, apenas uma semana após a entrada em operação do novo governo peronista.

Por seu lado, o atual ministro da Economia, Martín Guzmán, forneceu detalhes da iniciativa oficial durante uma conferência de imprensa na terça-feira.

Taxa de congelamento
Após anos de grandes aumentos nos serviços básicos, prejudicando famílias, comerciantes e também o setor industrial, propõe-se manter os valores atuais de gás e eletricidade por um período de até 180 dias. Nesse período, o sistema de coleta deve ser redesenhado. Por enquanto, Fernández já disse que os setores sociais enriquecidos devem ser os que mais pagam.

O ministro da Economia, Martín Guzmán, na cidade de Buenos Aires.
Agustin Marcaria / Reuters

Além disso, o texto determina que o Executivo poderá intervir por um ano os reguladores de gás e energia, duas agências atualmente públicas, mas autárquicas, e com alguma autonomia administrativa.

Escalas de aposentadoria
O governo Fernández pretende eliminar o sistema de aumentos proporcionado pelo ex-presidente Mauricio Macri e espera levar 180 dias para projetar um novo mecanismo. Enquanto isso, eles terão um bônus especial de 5.000 pesos (US $ 83) para adultos mais velhos que recebem a pensão mínima.

“Houve um grande colapso no sistema de previdência social nos últimos quatro anos, o que foi feito com os aposentados é sério”, disse Guzmán.

Imposto de compra em dólar
Dada a necessidade imperativa de elevar a moeda dos EUA nos cofres do Estado e reduzir a demanda por moeda estrangeira na população – a Argentina precisa de dólares para pagar sua dívida externa, entre outros compromissos – o governo quer aplicar um imposto aos cidadãos que Adquira essa moeda.

Assim, se a medida for aprovada, haverá uma taxa de 30% pela compra de dólares destinados a economizar qualquer cidadão, despesas de turismo, compras e compra de serviços no exterior. Por outro lado, o imposto sobre pagamentos por razões de saúde está isento, assim como a compra de remédios, o uso de plataformas educacionais e pesquisas realizadas em uma estrutura estadual.

Por enquanto, estipula-se que o imposto seja válido por cinco anos.

Propriedade pessoal
A proporção do imposto sobre a propriedade pessoal seria aumentada, ou seja, tudo o que tiver um valor monetário, como somas em dinheiro, bens ou ações. Assim, a escala cresceria entre 0,5% e 1,25%. No caso de ativos localizados no exterior, a carga tributária máxima pode ser dobrada, a menos que os fundos retornem ao sistema financeiro argentino.

Benefícios para as PME
O Executivo propôs que pequenas e médias empresas em dívida com o Estado possam adiar seus pagamentos correspondentes, considerando que muitas empresas não conseguiram cumprir seus compromissos durante a crise.

Dessa forma, um plano de 120 parcelas será projetado no qual multas e juros serão removidos, facilitando o cumprimento de suas responsabilidades financeiras.

Renegociar o pagamento da dívida
Alberto Fernández quer que o Congresso dê poderes ao Executivo para negociar com os credores o pagamento dos empréstimos contratados no passado. A lógica do governo é atrasar os respectivos retornos, fortalecer primeiro a economia local.

Nesse quadro crítico, a Argentina deve enfrentar grandes compromissos financeiros a partir de março, e o governo sustenta que o país não está em condições de fazê-lo.

“Retenções” no campo
Esse é o imposto pago pelo setor agrícola, muito importante para um país que exporta matérias-primas em grandes quantidades. Assim, são atualizados os valores estipulados pela administração da Macri, levando em consideração as taxas de inflação da economia argentina, e algumas porcentagens de determinados setores estratégicos são aumentadas em 3%.

De fato, os exportadores de soja pagariam de 30% a 33%, enquanto o trigo e o milho experimentariam um aumento de 13% a 15% para o tesouro. Na Argentina, a venda desses produtos primários gera grande rentabilidade, razão pela qual Fernández pediu aos agroexportadores “solidariedade” com os mais desprotegidos, embora tenha esclarecido que é um ligeiro aumento.

No entanto, a proposta do governo já gerou uma enorme rejeição no setor, mas o presidente ressaltou que está disposto a discutir seu projeto. Como pano de fundo, quando a administração de Cristina Fernández de Kirchner aplicou novos impostos na região durante 2008, houve grandes manifestações da oposição e barreiras. Em meio a essa tensão, naquele mesmo ano, Alberto Fernández deixou a sede do gabinete.

Por sua parte, o jornalista Raúl Dellatorre mantém em declarações à RT que, ao contrário de Mauricio Macri, Alberto Fernández procura ajudar os setores mais vulneráveis ​​da população.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Argentina, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

‘UBUNTU’ en la cultura.

as

Categories: ÁFRICA, CULTURAIS, EDUCAÇÃO, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Criadores de vários países honrarão o design bienal em Cuba.

O Escritório Nacional de Design de Cuba lançou o chamado oficial para esta segunda edição sob o lema Design além da forma.

Creadores de varios países prestigiarán bienal de diseño en Cuba
Criadores de vários países se reunirão na II Bienal de Design de Havana, que será realizada de 20 a 26 de maio de 2019, segundo um comunicado de seus organizadores.

Segundo o relatório, desde a sua criação em 2016, a bienal tornou-se um espaço múltiplo, intercâmbio e promoção sobre a importância deste evento para o crescimento pessoal e social.

Nesta edição, o evento será realizado em diversas áreas da capital cubana, com exposições, exposições, passeios e passeios de design cubano e estrangeiro, enquanto o Centro de Convenções da cidade sediará o evento teórico do evento.

Dedicado ao 500º aniversário de Havana, a bienal terá como sub-escritórios as províncias cubanas de Camagüey e Santiago de Cuba. Continuar a ler

Categories: #America Latina, #Cuba, arquitetura, Bienal de Havana, Comunicação, Convocação, CULTURAIS, ECONOMIA, Extranjeros, industria, Países, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Hotéis da Meliá Cuba nomeados para World Travel Awards.

Nominados hoteles de Meliá Cuba para premios World Travel Awards

Cuba um Turismo com garantia e segurança onde você encontra paisagens e belos lugares com grandes energias e vistas muito agradáveis.

A distinção do World Travel Awards em sua edição de 2019 incluiu sete instalações da rede Meliá Cuba em sua lista de indicações, revelaram as fontes daquela corporação hoje.

Em Cayo Santa María, a pouco menos de 400 quilômetros a leste desta capital, o hotel Paradisus Los Cayos foi indicado na principal categoria de resorts do Caribe.

Igualmente notáveis ​​são as eleições na categoria Melhor Resort de Cuba, as instalações Paradisus Río de Oro, Paradisus Varadero, Paradisus Princesa del Mar e Meliá Las Dunas, esta última já anteriormente concedida na mesma seção. Continuar a ler

Categories: #Cuba, AMERICA LATINA, CULTURAIS, Hotéis, NATURE, Paisajes, SOCIEDADE, TURISMO, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

O Caribe.

O que hoje conhecemos como o Caribe é um território onde se forjaram essas culturas que hoje, na sua diversidade, demonstram a existência de um mundo enorme com características diferentes.

ATUALMENTE, a palavra Caribe indica uma noção que inclui não só uma diversidade cultural inquestionável estendida por várias ilhas — arquipélagos de fato, alguns ainda inexplorados — circunvaladas por territórios do continente, especialmente no arco do Golfo do México e da Flórida às costas brasileiras de São Luiz de Maranhão, passando pelas da América Central, especificamente aquelas latitudes como Puerto Limón, na Costa Rica; ou Bluefields, na Nicarágua.

O que hoje conhecemos como o Caribe era conhecido, pelo menos na primeira metade do século 20, sob o nome de Antilhas e em seus territórios se forjaram essas culturas que hoje, na sua diversidade, demonstram a existência de um mundo enorme com características diferentes. Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, Caribe, CULTURAIS, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Eles agradecem a Cuba por sua campanha de alfabetização.

Alfabetización en Bolivia

Com o método posso mais de um milhão de bolivianos com mais de 50 anos aprenderam a ler e escrever, sendo a experiência de ensino mais bem sucedida implementada no país andino.

Alfabetização na Bolívia
O método que se eu puder, liderado por professores da ilha beneficiou mais de um milhão de bolivianos com mais de 50 anos. Autor: JR Archive Publicado: 12/21/2018 | 01:01
O embaixador da Bolívia em Cuba, Juan Ramon Quintana disse quinta-feira que graças à contribuição do povo cubano seu país conseguiu derrotar o analfabetismo e os beneficiários ganhou o direito de pensar.

A campanha de alfabetização com o YSP método, liderado por educadores da ilha, beneficiou mais de um milhão de bolivianos com mais de 50 anos e foi a experiência de ensino mais bem sucedido implementado há, por seu poder de transformar a educação pública, disse ele o diplomata.

Ele lembrou que a iniciativa veio como resultado da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (ALBA), chamando-o grande projecto de integração e emancipação, e foi iluminado pela liderança de homens como Fidel Castro, Hugo Chávez e Evo Morales, ele disse. Continuar a ler

Categories: alfabetização, AMERICA LATINA, bolivia, CUBA, CUBA-BOLÍVIA, EDUCAÇÃO, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Putin alerta para alto risco de catástrofe nuclear global.

O Presidente russo, Vladimir Putin, alertou ontem para o risco crescente de uma guerra nuclear e criticou os Estados Unidos por provocarem uma nova corrida às armas ao abandonarem os acordos de desnuclearização.

“Lamentavelmente, existe uma tendência para desvalorizar o perigo de uma guerra nuclear”, disse Vladimir Putin, em Moscovo, na conferência de imprensa anual, na qual participam mais de dois mil jornalistas russos e estrangeiros.
Ao criticar a intenção de Washington de se retirar do tratado de 1987 sobre armas nucleares de médio alcance, considerou que se os Estados Unidos colocarem mísseis de médio alcance na Europa, a Rússia será forçada a tomar medidas. “Temos de garantir a nossa segurança. Não procuramos vantagens, estamos a tentar preservar o equilíbrio e garantir a nossa segurança”, disse.
Para o Presidente russo, assiste-se “ao colapso do sistema de controle de armas”, com uma tendência “de diminuição do limiar” para o uso de armas nucleares.
“Baixar esse limiar pode levar a uma catástrofe nuclear global”, disse.
Putin destacou igualmente o facto de os EUA estarem a ponderar usar mísseis balísticos com ogivas convencionais, adiantando que o lança-
mento desses mísseis pode ser confundido com o lançamento de mísseis nucleares.
“Se acontecer, pode levar à destruição da civilização inteira e mesmo acabar com o planeta”, disse.
Putin considerou ainda que os EUA parecem pouco interessados em prolongar o novo programa de redução de armas nucleares START, que termina em 2021.
“Não estão interessados, não precisam disso? Ok, nós sabemos como garantir a nossa segurança”, disse.

Acusações de espionagem
O Chefe de Estado russo disse que as acusações ocidentais de espionagem, nomeadamente o caso do ex-agente Serguei Skripal, são pretextos para “travar o desenvolvimento” da Rússia. “Se não tivesse havido Skripal, teriam inventado outra coisa. O objectivo é simples: travar o desenvolvimento da Rússia como possível concorrente”, afirmou Putin. Continuar a ler

Categories: Catástrofe, CIÊNCIA, ESTADOS UNIDOS, Nuclear global, Presidente de Estado., Putin, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Sistema educacional de Cuba é o melhor da América Latina.

Segundo o Banco Mundial, “nenhum sistema escolar latino-americano, com exceção de Cuba, tem parâmetros globais”. Dos maiores problemas que afetam a América Latina e o Caribe está a educação, que em sua maioria é muito baixa em termos de qualidade e isso impede que essas nações tenham maior desenvolvimento e progresso.

O Banco Mundial publicou um relatório sobre os problemas da educação na América Latina e no Caribe. Chamados excelentes professores. Como melhorar o aprendizado? A pesquisa analisa os diferentes sistemas de educação pública dos países do continente e os principais desafios que enfrentam.

Na América Latina, a educação básica decente (pré-escola, primária e secundária) compõe um capital humano de 7 milhões de pessoas, ou 4% da população ativa do país, e mais de 20% de trabalhadores técnicos. e profissionais. Seus salários absorvem 4% do PIB do continente e suas condições de trabalho variam de lugar para lugar. Continuar a ler

Categories: # Cuba, #America Latina, CUBA, CULTURAIS, ECONOMIA, ECUADOR, EDUCAÇÃO, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Antropólogo Rita Segato, especialista em violência de gênero.

Antropóloga Rita Segato

“O feminismo não pode e não deve construir os homens como seus inimigos naturais, o inimigo é a ordem patriarcal, que às vezes é incorporada pelas mulheres.”

“A notícia de uma agressão sexual é instalada como um espetáculo na mídia e isso tem que mudar”, diz a antropóloga Rita Segato, uma das grandes intelectuais latino-americanas, analisando o tratamento que ele teve na televisão a violação de Thelma Fardin contra Juan Darthés. Ele também chamou a atenção para o risco de um efeito de imitação que ocorre como com a notícia de suicídios e a necessidade de executar a atriz do lugar da vítima.

“Eu não quero apenas consolar uma vítima chorando. O ponto é como educamos a sociedade para entender o problema da violência sexual como um problema político e não moral ”, disse Segato. O autor de “A guerra contra as mulheres” (Madrid: Traficantes de Sueños, 2016), também está preocupado com o que ela tem chamado de “um feminismo inimigo”. “O feminismo não pode e não deve construir os homens como seus inimigos ‘naturais'”, disse ele. E por sua vez, questionou os “linchamentos” nas redes sociais para denunciar a violência sexista entre os pares, adolescentes. “Precisamos preparar nossos e nossos jovens para que possam processar seus relacionamentos com suas próprias palavras e com seus próprios gestos”, encorajou. E ele queria deixar como mensagem uma frase que lhe foi contada por um chefe de polícia em El Salvador, onde ele trabalhava durante grande parte deste ano: “Que a mulher do futuro, não seja o homem que estamos deixando para trás”. Continuar a ler

Categories: #Violência contra a mulher, AMERICA LATINA, EDUCAÇÃO, SOCIEDADE, Uncategorized, Violência de gênero, Violência Doméstica | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Outra pegada na cidade.

Ileana Mulet en La Bodeguita del Medio: otra huella sobre la ciudadalt

Ileana Mulet em La Bodeguita del Medio: outra pegada na cidade.

Pegadas na cidade é o título de um projeto de plástico no qual essa artista recolheu parte de seu trabalho pictórico sobre Havana.

Pegadas na cidade é o título de um projeto plástico em que esta artista recolheu parte de seu trabalho pictórico sobre Havana, que maravilha a cidade que é colorida e expressa como um sonho no trabalho deste importante criador cubano.

Mas as gravuras de Ileana Mulet em Havana são múltiplas, esta cidade não a viu nascer, mas ela a protegeu como uma mãe e todas as formas pareciam válidas para retornar seus afetos:

“Há muito tempo, eu tinha 17 anos e meio de trabalho como um decorador para o turismo e um dia me disseram que eu tinha sido atribuído o Bodeguita del Medio …” e a história de quando ele participou da primeira capital restauração deste local marco começa capital após o triunfo da Revolução. Continuar a ler

Categories: Actriz, amor, CUBA, CULTURAIS, EDUCAÇÃO, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: