La decadencia de Estados Unidos

Cuba e a arma sônica de James Bond .

Categories: "Ataques acústicos" e meios de comunicação norte-americanos catalogado incidentes de saúde relatado por diplomatas dos EUA em Cuba, que disseram ter ouvido sons que, de acordo com um novo estudo c, "ataques sônicos", # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #FalsosAtaquesAcústicos, Cuba, diplomáticos estadounidenses, Estados Unidos, #salud, #Salud en Cuba, Acciones contra Cuba, Cuba, Donald Trump, Relaciones Cuba - Estados Unidos, ataques acusticos contra embajada EU, grillo, invasión por Bahía de Cochinos, Mike Pompeo, ataques aqcusticos, ataques frenéticos contra Cuba, Ataques, Cuba, EEUU, injerencia, Mafia Anticubana, Política, Radio y TV Martí, subversió, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Marco Rubio, Mario Díaz-Balart, Relaciones bilaterales., La decadencia de Estados Unidos, mentiras construídas em Washington contra Cuba, MISION DIPLOMATICA, O Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) anunciou hoje o fechamento permanente de seu escritório local em Cuba,, PENSAMIENTO DIPLOMATICO, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Washington | Deixe um comentário

Direitos Humanos nos Estados Unidos: Esterilização Forçada.

Autor: Raúl Antonio Capote | internacionales@granma.cu

Um novo crime abala a opinião pública mundial pela dose de insensibilidade que demonstra e pelo caráter desumano e racista de seus executores.

O Serviço de Controle de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, ICE por sua sigla em inglês, foi acusado de remover o útero de imigrantes sob custódia daquela instituição.

A denúncia foi apresentada ao Escritório do Inspetor Geral (OIG) do Departamento de Segurança Interna (DHS) pelo Project South, Georgia Detention Watch, Georgia Latino Alliance for Human Rights e South Georgia Immigrant Support Network.

Os querelantes foram atingidos pelo alto índice de mulheres no Irwin County Detention Center (ICDC) na Geórgia – operado pela La Salle Corrections, uma empresa privada de prisão – submetidas a histerectomia nos últimos meses, cirurgia em aquele que remove todo ou parte do útero.

El Servicio de Control de Inmigración y Aduanas de Estados Unidos, ICE por su sigla en inglés, ha sido acusado por la extirpación del útero a inmigrantes bajo custodia de esa institución

As mulheres imigrantes que se submeteram ao procedimento foram enganadas sob a promessa de receber atendimento médico para resolver diversos problemas de saúde, noticia o jornal The New York Times.

Mas o caso não para por aí. Todos os dias, novos depoimentos de mulheres esterilizadas continuam a aparecer em diferentes centros de detenção, o que constitui uma violação da autonomia do corpo e dos direitos reprodutivos das detidas.

Cerca de 173 legisladores federais dos Estados Unidos enviaram uma carta ao Inspetor Geral do Departamento de Segurança Interna exigindo uma investigação imediata das queixas feitas: “Estamos horrorizados ao ver relatos de histerectomias massivas realizadas em detidos sem consentimento completo e informado.”

Porém, esse tipo de prática não é novidade naquele país. As autoridades norte-americanas em diferentes períodos da história as utilizaram, sobretudo, contra afrodescendentes, mexicanos, indígenas e prisioneiros.

No início do século 20, leis eugênicas foram promovidas em 32 estados, o que permitiu a esterilização de mais de 60.000 mulheres consideradas mentalmente deficientes ou mentalmente fracas e, mais recentemente, nas prisões da Califórnia 150 mulheres foram vítimas dessa prática entre 2006 e 2010.

O US Government Accountability Office publicou um relatório em 1976 sobre esterilizações realizadas em mulheres pertencentes a povos indígenas. Em quatro das 12 regiões investigadas, 3.406 operações foram realizadas entre 1973 e 1976 sem o consentimento das mulheres.

Em 1962, o Corpo de Paz dos Estados Unidos realizou a histerectomia forçada de mulheres indígenas na América Latina, aproveitando a boa fé, a ignorância e a necessidade das populações empobrecidas.

Mulheres guatemaltecas foram utilizadas em experimentos com produtos químicos e outros procedimentos que causam infertilidade permanente, financiados pela organização internacional Population Council, de acordo com o relatório Do controle da natalidade ao genocídio, elaborado pelo médico espanhol Alfredo Embid, coordenador do a Associação de Medicina Alternativa da Espanha.

No relatório do Dr. Embid, afirma-se que essas foram políticas implementadas pelos Estados Unidos em países do terceiro mundo, e detalha casos nas Filipinas, Indonésia, Índia, Bangladesh, Colômbia, República Dominicana, Porto Rico, El Salvador, Panamá, Bolívia, Brasil e Peru.

Essas práticas do governo dos EUA violam não apenas os princípios éticos e morais, mas também os direitos humanos das vítimas.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados Unidos, #Estados UnidosDerecho InternacionalFulgencio BatistaLey Helms BurtonPrimera Ley de Reforma Agraria, #Peru, amedrentamiento y violencia contra sectores populares e indígenas, bolivia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, Colombia, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, Contra a violência armada., Derechos Humanos, Donald Trump liderou um golpe de estado na nação bolivariana, Donald Trump, Estados Unidos, el salvador, ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, Imperialismo, Estados Unidos, líderes de la derecha, manipular la información, NED(Fundación Nacional para la Democracia), Nica Act 2017, Nicaragua, Sin categoría, Terrorismo, USAID, FORA TRUMP, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, India, Indonésia, La decadencia de Estados Unidos, Luis Almagro, Nicarágua, Organização dos Estados Americanos (OEA), Manipulacion Politica, Organizacion e Estados Americanos (OEA), panamá, Politica, Politica Exterior, porto rico, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Relações Estados Unidos Cuba, República Dominicana, Tiene Colombia moral para enjuiciar a Venezuela, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Trump garante que o Pentágono busca manter as guerras para manter as “empresas maravilhosas que fazem bombas” e outras armas “felizes”.

Retirado do RT

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, garantiu que os principais dirigentes do Departamento de Defesa estão comprometidos com a guerra para contribuir com o enriquecimento de empreiteiros e empresas militares, noticia o New York Times.

Trump asegura que el Pentágono busca mantener las guerras para tener "felices" a las "maravillosas compañías que fabrican bombas" y otras armas

“Não estou dizendo que os círculos militares me amam, mas os soldados me amam. As pessoas mais importantes no Pentágono provavelmente não vão, porque não querem nada mais do que lutar em guerras, por isso todas essas empresas maravilhosas que fazem bombas, aviões e tudo mais. outros ficarão felizes “, disse Trump na segunda-feira em uma conferência.

Por outro lado, o inquilino da Casa Branca expressou seu desejo de acabar com a política de “guerras sem fim” e seu interesse em trazer os soldados americanos para o exterior “de volta para casa”. “Algumas pessoas não gostam de ir para casa. Algumas pessoas gostam de continuar gastando dinheiro”, acrescenta Trump, citado pelo portal Politico.

Não é a primeira vez que o presidente norte-americano fala de guerras sem fim. Em junho passado, durante a cerimônia de formatura da Academia Militar de West Point, ele anunciou o fim daquela era, ressaltando que os EUA não são “a Polícia do mundo”. Ele também deixou claro que “não é dever” das tropas americanas “resolver conflitos antigos em terras distantes de que muitas pessoas nunca ouviram falar”.

Trump continua a lutar contra as acusações de que ele repetidamente dirigiu comentários depreciativos a membros capturados ou assassinados do Exército dos EUA, referindo-se como “perdedores” e “perdedores” aos americanos mortos na Primeira Guerra Mundial que foram enterrado em um cemitério americano na França, de acordo com um relatório recente do The Atlantic.

O relacionamento de Trump com os comandantes militares foi tenso desde que ele ameaçou, há alguns meses, usar a Insurrection Act para enviar forças ativas para suprimir a agitação civil causada pela morte de George Floyd, o afro-americano que morreu. nas mãos da Polícia quando foi preso em 25 de maio.

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, A Casa Branca: Poderosa casa de cartas, Casa Branca, do Departamento de Estado, Derechos Humanos, Donald Trump, Estados Unidos, Estados Unidos, Imperialismo, FORA TRUMP, La decadencia de Estados Unidos, Politica, Politica Exterior, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Como cães e gatos pelo poder.

O ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, foi o centro de questionamentos durante o debate que os candidatos à candidatura presidencial ao Partido Democrata realizaram quarta-feira à noite em Las Vegas, Arizona, Estados Unidos (EUA) .

A senadora progressista Elizabeth Warren, que tem 12% de popularidade entre os democratas, chamou Bloomberg, cuja fortuna é de cerca de US $ 64 bilhões, como “bilionário arrogante”.

“Entenda isso: os democratas correm um grande risco se substituirmos um bilionário arrogante por outro”, disse ele e lembrou que o ex-prefeito de Nova York descreveu mulheres como “gordas gordas” e “lésbicas com cara de cavalo”.

El Teatro París de Las Vegas fue el escenario del noveno debate entre los aspirantes presidenciales demócratas.

“Os democratas não vão ganhar se tivermos um candidato que tem um passado para esconder suas declarações fiscais, assediar mulheres e apoiar políticas racistas”, disse Warren.

O senador Bernie Sander, que está emergindo como o favorito para ganhar a indicação democrata, de acordo com pesquisas pré-eleitorais, criticou a Bloomberg por ter “mais riqueza do que 125 milhões de americanos (…) isso está errado”. Isso é imoral. “

Pete Buttigieg, que surpreendentemente venceu o torneio de Iowa, criticou Sander e Bloomberg, observando que “não devemos escolher entre um candidato que pretende incendiar esta partida e outro candidato que queira comprar este jogo”.

Os candidatos à presidência estão focados em ganhar delegados nas diferentes eleições primárias a serem realizadas nas próximas semanas, para poder se fortalecer na Convenção Nacional Democrata de julho seguinte, onde o rival do presidente Donald Trump será eleito para as próximas eleições de novembro .

Categories: #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #EstadosUnidos, #Trump, @Trump, CORRUPÇÃO, departamento de estado dos estados unidos, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, Elecciones EEUU, FORA TRUMP, JEFES E ESTADOS, La decadencia de Estados Unidos, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Republicanos ou democratas, Trump Google, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

La decadencia de Estados Unidos (parte II)

Os Estados Unidos, com seu presidente de fora, é um poder à deriva, como seu antecessor na história, o império britânico, cuja classe política relutante foi capaz de reconhecer o fim de seu papel hegemônico global, nunca foi.

La decadencia de Estados Unidos

Trump é obcecado com a China, ele se preocupa com a hegemonia política e militar do gigante asiático no Pacífico. Quem quer que governe a grande ilha do mundo, a Eurásia, o fará com o mundo, que era conhecido das classes dominantes das grandes potências no passado, especialmente da Alemanha, empenhadas na aquisição daquele “espaço vital”. Continuar a ler

Categories: La decadencia de Estados Unidos, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: