governo idiota no Brasil”

China, Rússia e Cuba como países preocupados com seus povos … Ao contrário dos EUA, Brasil, Chile …

Categories: # Cuba, #Al Qaeda, Associated Press, #CIA, #cuba, #EEUU, estados unidos, MSNBC, NBC,#Reino Unido, #Rusia, Universidad de Lincoln, William Arkin, #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Chile, #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #colaboracion medica cubana, #Cuba, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ECUADOR#Paraguay#PerúAsunciónConvención de Viena, #Estados Unidos, #Salud en Cuba, #Trump, @Trump, ECUADOR, FORA TRUMP, governo idiota no Brasil", Medicos en Brasil, NUEVA ERA BRASIL OS EUA, propaganda contra Cuba, Venezuela, Nicarágua, Irã, Rússia e China,, REINO UNIDO, relações bilaterais, o governo Donald Trump, RUSIA, Saúde pública cubana, Trump Google, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

Bolsonaro perde apoio político.

“As decisões do Presidente da República, em matéria de saúde pública, não chegarão a Goiás”, afirmou Ronaldo Caiado, que apoiou a candidatura do presidente à Presidência do Brasil.

Gobernador brasileño retira su apoyo a Bolsonaro por sus "tesis" ante la propagación del coronavirus

O governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, divulgou nesta quarta-feira o fim de seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro, após as declarações do presidente criticarem as medidas adotadas por alguns políticos em relação à crise do coronavírus.

“Não há mais diálogo com esse homem. As coisas chegaram ao fim”, disse Caiado, um aliado firme e conhecido de Bolsonaro, que até apoiou sua candidatura à Presidência, em comunicado público.

Bolsonaro criticou as medidas de alguns governadores – entre eles Caiado – e prefeitos, como o confinamento de populações, o fechamento de lojas e a interrupção de aulas para conter o avanço do coronavírus. Segundo o presidente, essas medidas podem ter um impacto negativo na economia.

“O que alguns governadores e alguns prefeitos estão fazendo no Brasil é um crime. Eles estão destruindo o Brasil, estão destruindo empregos”, disse o presidente.

Nesse sentido, o governador respondeu: “Eu era aliado (de Bolsonaro) o tempo todo, mas não posso aceitar que agora um presidente da República lava as mãos e culpa outras pessoas por um colapso econômico ou falha no emprego, o que isso vai acontecer amanhã. “

Em sua conta no Twitter, onde continuou a libertação contra o presidente, Caiado mencionou que Bolsonaro, com a “tese” de que haverá um “colapso econômico”, abriu o debate sobre a escolha entre “vida humana ou sobrevivência da economia” “, algo que, segundo ele,” não tem discussão. “

Medidas são mantidas em Goiás
Caiado, que também é médico, reiterou que manterá as medidas aplicadas em sua condição para impedir a disseminação do coronavírus. No momento, as restrições impostas à entidade que ele dirige estarão em vigor até 4 de abril.

“O decreto assinado por mim prevalecerá, o que determina o isolamento social de todas as pessoas, com exceção daqueles que desempenham funções essenciais da vida”, acrescentou Caiado em outro trecho no Twitter.

Na mesma rede social, ele enfatizou que “as decisões do Presidente da República, em matéria de saúde pública, não chegarão a Goiás”.

O Brasil é o país da América Latina com os casos mais confirmados de coronavírus. Até essa terça-feira, 24 de março, o Ministério da Saúde registrou 2.201 diagnósticos positivos – 27 dos quais em Goiás – e 46 óbitos.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #salud, epidemia, governo idiota no Brasil", Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Venezuela denuncia Brasil por abrigar os responsáveis por assalto militar

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, denunciou neste domingo perante a comunidade internacional a decisão do Executivo brasileiro de conceder refúgio aos cinco soldados golpistas que participaram do ataque armado ao Batalhão de Infantaria 513 do Gran Sabana.

Los militares venezolanos desertores han confesado su responsabilidad en el asalto armado al 513 Batallón de Infantería de Selva Mariano Montilla ubicado en Luepa, Gran Sabana del estado Bolívar.

“Seria possível perguntar às autoridades políticas e militares do Brasil qual seria a reação se a Venezuela protegesse legalmente os desertores de seu exército, fugindo de um ataque às instalações militares brasileiras, perpetrado para gerar ansiedade em sua população”, disse o ministro Arreaza.

Os desertores militares venezuelanos confessaram sua responsabilidade no ataque armado ao Batalhão de Infantaria Mariano Montilla 513, localizado em Luepa, Gran Sabana, no estado de Bolívar, em 22 de dezembro de 2019.

Nesta ação, 120 espingardas de assalto e nove lançadores de foguetes foram roubados, em uma operação violenta em que o Primeiro Cabo da Guarda Nacional Bolivariana, Jean Pierre Caraballo Marcano, perdeu a vida.

“Esse tipo de decisão do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, faz parte da ativação ilegal e perigosa do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR), cujo objetivo é gerar as condições para uma intervenção militar na Venezuela”, conclui.

“A República Bolivariana da Venezuela denuncia à comunidade internacional essa decisão incomum que confirma o padrão de proteção e cumplicidade dos governos satélites dos EUA de atacar a paz da Venezuela por meio de mercenários que confessaram seus crimes”, afirmou o chanceler.

Da mesma forma, o ministro reitera que a decisão do Executivo brasileiro viola o direito internacional “estabelece um registro perigoso de proteção para pessoas que cometeram crimes flagrantes contra a paz e a estabilidade de outro Estado”, acrescenta.

“Seria possível perguntar às autoridades políticas e militares do Brasil qual seria a reação se a Venezuela protegesse legalmente os desertores de seu exército, fugindo de um ataque às instalações militares brasileiras, perpetrado para gerar ansiedade em sua população”, disse o ministro Arreaza.

Os desertores militares venezuelanos confessaram sua responsabilidade no ataque armado ao Batalhão de Infantaria Mariano Montilla 513, localizado em Luepa, Gran Sabana, no estado de Bolívar, em 22 de dezembro de 2019.

Nesta ação, 120 espingardas de assalto e nove lançadores de foguetes foram roubados, em uma operação violenta em que o Primeiro Cabo da Guarda Nacional Bolivariana, Jean Pierre Caraballo Marcano, perdeu a vida.

“Esse tipo de decisão do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, faz parte da ativação ilegal e perigosa do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR), cujo objetivo é gerar as condições para uma intervenção militar na Venezuela”, conclui.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #Donald Trump, #Estados Unidos, #EUA contra uma possível intervenção militar na# Venezuela, #Jair Bolsonaro, #Trump, #Venezuela, @Trump, ações intervencionistas dos EUA, agressão internacional contra a Venezuela,, Brasil, Brasil al poderío militar de EE.UU, Donald Trump, EUA contra a América Latina, EUA contra a Venezuela na ONU, FORA TRUMP, Força Aérea dos EUA realiza voos de reconhecimento na costa da Venezuela, governo idiota no Brasil", instalar base militar dos EUA, no Brasil, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

“Um pirralho assim”: Bolsonaro acusa Greta Thunberg por denunciar assassinato de indígenas no Brasil.

O ativista lançou um tweet para rejeitar a violência contra povos indígenas na Amazônia, após o assassinato de duas pessoas no fim de semana.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e a ativista sueca Greta Thunberg.
Adriano Machado / Sergio Perez / Reuters
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, chamou a ativista sueca de 16 anos de idade, Greta Thunberg, de “pirralha” depois que a jovem denunciou a violência contra os povos indígenas na Amazônia.

"Una mocosa como esa": Bolsonaro carga contra Greta Thunberg por denunciar asesinato de indígenas en Brasil

No domingo passado, a jovem escreveu um tweet no qual se referiu ao assassinato por tiros no dia anterior de dois povos indígenas no estado brasileiro do Maranhão (nordeste).

“Os povos indígenas estão literalmente sendo mortos por tentar proteger a floresta do desmatamento ilegal. De novo e de novo. É uma pena que o mundo permaneça em silêncio sobre isso”, denunciou Thunberg, que acrescentou um vídeo de duas outras pessoas feridas no ataque. .

“Um pirralho como esse”
“Greta já disse que os índios morreram porque estavam defendendo a Amazônia. É impressionante que a imprensa dê espaço a um pirralho como esse, pirralho”, disse Bolsonaro a repórteres em Brasília.

Além disso, o direitista disse que “qualquer morte preocupa” e acrescentou que o governo pretende “fazer cumprir a lei”.

Após a declaração de Bolsonaro, Thunberg mudou a descrição de sua biografia no Twitter para a palavra “pirralho”.

Na segunda-feira, o ativista também mencionou os povos indígenas durante a Cúpula do Clima da ONU, em Madri. “Seus direitos estão sendo violados em todo o mundo, eles também estão entre os mais afetados pela emergência climática e ambiental”, disse ele.

Segundo dados preliminares da Comissão Pastoral da Terra (CPT), em 2019 sete líderes indígenas já morreram, em comparação com as duas mortes registradas em 2018. O maior número registrado nos últimos 11 anos.

Categories: #Bolsonaro, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Jair Bolsonaro,, Brasil al poderío militar de EE.UU, governo idiota no Brasil", MEDIO AMBIENTE, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Defesa de Lula recorre ao STF para anular condenação no caso do sítio

Brasília – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu nesta segunda-feira (2) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a decisão que aumentou para 17 anos de prisão a pena no processo do sítio em Atibaia (SP). Na semana passada, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre (RS), confirmou sentença proferida pela juíza Gabriela Hardt, na qual Lula foi condenado na primeira instância pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

No recurso apresentado ao relator do caso, ministro Edson Fachin, a defesa de Lula alega que o processo não seguiu a tramitação correta. Para os advogados, a decisão do TRF4 deve ser anulada por não ter respeitado a ordem cronológica, obrigatória por lei, para ser julgada.Lula foi condenado na primeira instância pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro (Foto: Agência Brasil)

Entenda

No caso do sítio de Atibaia, Lula foi condenado em 6 de fevereiro pela juíza substituta.Gabriela Hardt,da 13ª Vara Federal de Curitiba, a 12 anos e 11 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.Foi a segunda condenação do ex-presidente no âmbito da Lava Jato.A primeira se deu no caso do tríplex no Guarujá (SP).

De acordo com a sentença da primeira instância, Lula recebeu vantagens indevidas das empreiteiras Odebrecht e OAS por meio da reforma do sítio em Atibaia, que costumava frequentar com a família.

A obra teria custado mais de R$ 1 milhão, e o dinheiro teria sido descontado de propinas devidas pelas empresas em troca de favorecimento ilícito em contratos com Petrobras, segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), que foi acolhida pela juíza.

Entre as melhorias realizadas no sítio, estão a construção de uma casa nos fundos do sítio, uma sauna, a reforma de um campo de futebol e de uma piscina, a instalação de uma cozinha projetada e a reforma de um lago.

Categories: #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Lula, #LulaLivre, Partido de la Social Democracia Brasileña, Brasil, Brasil al poderío militar de EE.UU, governo idiota no Brasil", Lula libre, já: outra bandeira que Cuba está levantando, solidariedade com Lula, solidariedade mundial para a liberdade de Lula, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

“A cooperação médica cubana chegou ao fim devido a um governo idiota no Brasil”: Denis Renó

Carlos Fiallos * – Inti Kokone / TV Cubainformation.- Denis Renó, professor da Universidade Estadual Paulista e Diretor Acadêmico da Cátedra Latino-Americana de Narrativas Transmídia, esteve em novembro passado no X Congresso do Ciberjornalismo organizado pela Universidade do País Basco em Leioa. Inti Kokone aproveitou a oportunidade para levantar algumas preocupações sobre o triunfo da extrema direita no Brasil e sobre o assédio sofrido pela Brigada Médica de Solidariedade Cubana.

O acadêmico acredita que “Cuba tem o melhor sistema de saúde do mundo” e, em uma mensagem ao povo cubano, pede que continuem “preocupados com o bem-estar social, com a vida e não com a compra”.

Quem é Denis Porto Renó?

Revista Latina de Comunicação Social

Jornalista e fotógrafo, Professor em Nova ecologia da mídia e narrativas imagéticas pela Universidade Estadual Paulista – Unesp (Brasil) PhD em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Brasil). Ele desenvolveu pós-doutorado em Transmedia Jornalismo pela Universidade Complutense de Madrid (Espanha) e pós-doutorado em interfaces interativas para dispositivos móveis da Universidade de Aveiro (Portugal). Ele é um pesquisador de pós-doutorado no Laboratório Laboratório digimedia – Centro de Investigação em Mídias Digitais e Interação, Universidade de Aveiro (Portugal) Integrados & DT “centro – Redes e Comunidades para um Inovação Territorial” Programa IC (CENTRO-01-0145-FEDER 000002). Além disso, ele é professor honorário da Universidade Complutense de Madrid (Espanha) e professor visitante na Universidade Nacional de Rosário (Argentina) e da Universidade Técnica de Loja – UTPL (Equador).

Em sua carreira profissional, além de ter atuado na televisão e na internet, foi produtor e diretor de 11 documentários, alguns deles classificados em festivais internacionais. Entre seus trabalhos, o documentário Tradições paulistas, cadê? (2003), classificados na 18ª Mostra Audiovisual Paulista (Brasil), no Festival Golosina Visual (México) e no Festival Viaxes na Lusofonia (Espanha). Entre as produções experimentais, destacam-se o documentário interativo Bogotá Atómica (2009) e o documentário transmídia Galego-Português (2013).

Como pesquisador, ele é o autor de quatro livros individuais: Cinema Interativo documental e Linguagens audiovisuais participativa (2011), tecidos em Novas Documentário (2012), Jornalismo Transmedia (2012) e DISCUSSÕES em Nova Ecologia dois Meios (2013), bem como autor de 50 capítulos de livros e mais de 100 artigos acadêmicos em periódicos indexados no Brasil ou em índices internacionais.

Atualmente é Diretor Acadêmico da Cátedra Latino-Americana de transmedia storytelling e membro da mídia Ecology Association (EUA), bem como ser Mobilab coordenador – Laboratório de Estudos sobre novas narrativas e dispositivos móveis. O laboratório é financiado por agências de desenvolvimento no Brasil.

* Analista internacional, jornalista equatoriano, membro do Inti Kokone e da Cubainformación TV, além de diretor da revista de imigração “Encuentros”.

Retirado de Cubainformation

 

Categories: cooperação médica cubana, governo idiota no Brasil", Uncategorized | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: