Empresários estrangeiros e as oportunidades de negócios em Cuba

ARTIGOS EM RELAÇÃO: OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS EM CUBA

Granma Internacional/ Livia Rodríguez Delis e Juan Diego Nusa Peñalver

ATRAÍDO pelas oportunidades de mercado em Cuba, o director da franquia da Pepsico para o norte do Caribe, Salvador Gómez, chegou pela segunda vez à Feira de Havana, com o objectivo de explorar uma nova vitrina para os produtos de sua companhia.

Acontece que com o estrito cumprimento de suas obrigações financeiras, a Ilha Maior das Antilhas cresceu em prestígio e credibilidade, o que ficou demonstrado na recente edição da Feira Internacional de Havana, ratificada como a de maior participação nos últimos dez anos.

Salvador Gómez precisou: “Estamos muito motivados para formalizar as relações com Cuba, mediante os meios estabelecidos pelas autoridades governamentais. Se não tivéssemos confiança no mercado cubano não estaríamos aqui, o exemplo da seriedade nas negociações é a quantidade de países europeus, latino-americanos, africanos que comerciam com a Ilha”.

Alexandre Pedó, do Brasil, representante da empresa Agrale S.A. e Agritech, foi embora convencido de que tinham muito a fazer em matéria empresarial com Cuba e salientou que a construção da Zona de Desenvolvimento Especial de Mariel é um símbolo desse desejo, pois para ele significa o fortalecimento das relações entre o país antilhano e o Brasil”.

“É extremamente importante para o Brasil e para o Rio Grande do Sul, o estado onde eu moro, estabelecer vínculos de complementaridade com esta nação tão lutadora, que exibe importantes conquistas nos serviços, na agro-ecologia, na biotecnologia, na saúde, etc, e nós mostramos um bom desenvolvimento na área dos alimentos e uma capacidade industrial muito forte que Cuba necessita”.

Já estabelecida e com uma experiência provada na nação caribenha, está a firma Havana Club Internacional  cujo produto se distribui em mais de 145 nações, especialmente na Alemanha onde, actualmente, se vendem mais de 4 milhões de caixas.

Consultado por Granma Internacional, seu actual Director-geral, Jerome Cottin, afirmou que este genuíno rum cubano continuará gerando lucros para a firma e para o desenvolvimento da economia cubana.

“Vinte anos de sucessos demonstram que negociar com Cuba traz muitos benefícios. Somos conhecidos no mundo especializado, como uma marca de alto nível entre as bebidas espirituosas e nossas vendas aumentaram em mais de 14%. Recentemente, nossa fábrica, situada no município cubano de Santa Cruz de Norte, província Mayabeque, recebeu um prémio especial, em Londres, pela qualidade de suas produções. Somos uma marca com uma estratégia de comunicação muito efectiva  E tudo isto tem sido graças ao trabalho em parceria de cubanos e franceses”.

Critérios similares também foram expostos ao nosso semanário pelo vice-gerente de vendas duma empresa venezuelana, Julian Díaz Piñero, experta na fabricação de tabuleiros de controle, de transferência, de sincronização para os geradores eléctricos, que actualmente se vendem na Ilha.

“Na Venezuela já tínhamos uma experiência como esta e foi muito frutífera, por isso abrimos a possibilidade aqui em Cuba, e estivemos certos. As relações de solidariedade e irmandade entre os nossos países propiciam a aproximação dos nossos empresários às bondades e produtos da nação caribenha e temos sobrada objectividade para afirmar que comerciar com Cuba é uma óptima experiência, uma oportunidade positiva, que significa benefícios para os dois povos”.

POINGER COMPUTER GMBH PELA TERCEIRA VEZ

O engenheiro Kart Kaufman é um dos empresários alemães que apostam por Cuba para expandir seus negócios na Ilha e a partir daqui ir conquistando mercado na América Latina e no Caribe.

Gerente da firma Poinger Computer GmbH, especializada em oferecer ao cliente soluções integrais no design, fabricação, serviços e vendas baseadas em tecnologias IP (informática) e de segurança, tem muito fundadas expectativas nesta 30ª edição da Feira Internacional de Havana, segundo expressa Kaufmann. “Participo desta bolsa comercial desde 2010 e sempre consigo novos contatos e possibilidades de colocar meus produtos, dos quais Cuba tem necessidades para seu desenvolvimento económico e social”, afirmou nosso interlocutor.

Categories: ECONOMIA, SOCIEDADE, TURISMO | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: