Daily Archives: 27 de Agosto de 2020

EUA. ele é o maior violador dos direitos humanos do mundo.

Retirado do Granma .

Autor: Walkiria Juanes Sánchez | walkiriajuanessanchez@gmail.com

derechos humanos

Foto: Granma

“Os Estados Unidos são o maior violador dos direitos humanos no mundo”, afirmou o embaixador da República Bolivariana da Venezuela no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Jorge Valero.

No âmbito do ciclo de conferências sobre governança global e desenvolvimento, Os desafios e problemas comuns da humanidade hoje, o diplomata lembrou que os EUA, em meio a uma pandemia, se retiraram da Organização Mundial da Saúde (OMS) .

“É paradoxal que o governo imperial tome esta decisão quando é mais necessário fortalecer esta organização”, disse.

Em questões de segurança e desarmamento, ele também denunciou a retirada do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), e sublinhou como “Trump também declarou que não prorrogará a vigência do Tratado para a Redução de Armas Estratégicas (Start)”, o único acordo ativo sobre armas nucleares.

Valero afirmou que o multilateralismo é o caminho para a paz e destacou que esta abordagem é promovida por “nosso governo bolivariano e chavista, que busca construir uma arquitetura internacional que reúna os Estados e promova a responsabilidade conjunta pelos assuntos internacionais”.

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, durante seu discurso na reunião de líderes pelos 30 anos do Fórum de São Paulo, rejeitou o bloqueio ilegal dos Estados Unidos que sistematicamente violou os direitos humanos dos cubanos, por mais 60 anos.

Na ocasião, ele criticou os atos escandalosos do império contra parentes de migrantes e “principalmente contra seus filhos, maltratados, abusados ​​em uma espécie de jaula, porque privam o ser humano de sua dignidade e de seus direitos mais elementares”.

O chanceler cubano Bruno Rodríguez Parrilla denunciou, perante a Assembleia Geral das Nações Unidas, a responsabilidade dos Estados Unidos como principal violador dos direitos humanos de forma sistemática, massiva e flagrante.

Na reunião, realizada no dia 1º. Novembro de 2019, para apresentar ao mundo o projeto de resolução: “Necessidade de acabar com o bloqueio econômico, comercial e financeiro dos Estados Unidos contra Cuba”, o Chanceler antilhano afirmou que há 2,3 milhões de particulares naquele país de liberdade, em um ano são feitas 10,5 milhões de prisões e mantêm pessoas ilegal e indefinidamente na base naval ilegal de Guantánamo.

“Mais de meio milhão de seus cidadãos dormem nas ruas, 28,5 milhões não têm seguro saúde, as mulheres ganham cerca de 85% do que os homens ganham e há queixas generalizadas de assédio sexual”, enumerou.

Em nível global, explicou Bruno Rodríguez, seu governo é signatário de apenas 30% dos instrumentos jurídicos internacionais e não reconhece o direito à paz, ao desenvolvimento e, nem mesmo, às crianças.

Categories: # Venezuela, # yo voto vs bloqueo, #Bruno Rodríguez,, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #salud, #solidaridadvs bloqueo, #Venezuela, Bloqueo,Cuba,EstadosUnidos,Internet,Trask Force, Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Soberania, Venezuela, CubavsBloqueo, Derechos Humanos, FORA TRUMP, MINREX, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Retirado da página da Embaixada de Cuba em Angola.

A Associação de Estados do Caribe (ACS) oficializou nesta terça-feira a Declaração da XXV Reunião Ordinária do Conselho de Ministros, realizada virtualmente, na qual reconhece o trabalho internacional de Cuba no confrontação com a pandemia Covid-19.

O comunicado destaca “Um reconhecimento especial é estendido ao Governo e ao povo de Cuba pelo serviço médico e apoio à ACS e aos Estados e territórios do mundo na luta contra a pandemia COVID-19”.

Em outro ponto, o documento destaca “A ACS reafirma o apelo ao governo dos Estados Unidos da América para que ponha fim ao bloqueio econômico, comercial e financeiro que impõe a Cuba, e à lei Helms Burton e cesse sua aplicação extraterritorial”.

“O Conselho também rejeita a aplicação de medidas coercitivas unilaterais contrárias ao Direito Internacional, que ameaçam a paz e a prosperidade dos Estados do Grande Caribe e que devem ser eliminadas para atender às necessidades humanitárias dos povos caribenhos nestes tempos difícil ”aponta em outro momento o comunicado oficial.

Por sua vez, o Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, agradeceu à ACS a mensagem da colaboração médica internacional implantada pela Ilha para enfrentar a nova pandemia do coronavírus; ao mesmo tempo que significou o apoio desta organização regional à luta contra a política de bloqueio, imposta há mais de 60 anos desde a Casa Branca.

“Cuba continuará trabalhando a favor da unidade, do acordo e da cooperação”, concluiu o chanceler cubano.

No momento, Cuba tem colaboração médica em 40 países, incluindo vários estados do Caribe e territórios ultramarinos que solicitaram o apoio das Grandes Antilhas para combater o Covid-19.

(Cubaminrex)

Categories: # yo voto vs bloqueo, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Salud en Cuba, #solidaridadvs bloqueo, Acciones contra Cuba, Bloqueo de Estados Unidos contra Cuba, Cuba, bloqueo contra cuba, Bloqueo, Bloqueo contra Cuba, Casa Blanca, Cuba, Estados Unidos, La Florida, Miami, Relaciones Cuba Estados Unidos, Coronavirus, CoronaVirus, Noticias de Cuba, Política, CoronaVirus, Política, CUBA - ESTADOS UNIDOS, CubavsBloqueo, Diferendo Estados Unidos - Cuba, Relaciones Cuba-EE.UU, eeuu, ESTADOS UNIDOS, Estados Unidos Vs Cuba, MINREX, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), política dos Estados Unidos em relação a Cuba, Relações Estados Unidos Cuba, Relaciones Cuba Estados Unidos | Deixe um comentário

Viva com otimismo.

Imagem
Categories: #salud | Deixe um comentário

O CEO da TikTok anuncia sua renúncia enquanto a plataforma está sob pressão da administração Trump.

Retirado do RT

Kevin Mayer, CEO da TikTok, anunciou sua renúncia em 27 de agosto, enquanto a plataforma de publicação de vídeos está sob pressão das autoridades americanas, que prometeram proibir sua operação nos Estados Unidos.

Vanessa Pappas, gerente geral da TikTok nos Estados Unidos, assumirá seu cargo provisoriamente.

El director ejecutivo de TikTok anuncia su dimisión mientras la plataforma se encuentra bajo presión de la administración Trump

“Nas últimas semanas, como o ambiente político mudou drasticamente, fiz uma reflexão significativa sobre o que as mudanças estruturais corporativas exigirão e o que elas significam para o papel global para o qual me inscrevi”, escreveu Mayer em uma carta, ao qual o CNBC teve acesso.

“Nesse contexto, e enquanto esperamos para chegar a uma resolução muito em breve, gostaria de informar com grande pesar que decidi deixar a empresa”, disse ele.

Ele especificou que deseja “deixar claro que esta decisão não tem nada a ver com a empresa, o que vejo para o nosso futuro ou a fé que tenho no que estamos construindo”.

Um porta-voz da TikTok, por sua vez, confirmou a renúncia de Mayer e indicou que eles “respeitam totalmente sua decisão”. “Agradecemos a ele por seu tempo com a empresa e desejamos a ele o melhor”, disse ele.

Vale lembrar que Mayer ocupava o cargo desde 1º de junho deste ano. Anteriormente, ele foi chefe da Direct-to-Consumer & International, uma divisão de negócios da Walt Disney.

Em 6 de agosto, o inquilino da Casa Branca assinou uma ordem de proibição contra a TikTok e sua empresa-mãe chinesa, ByteDance, justificando sua decisão de que a plataforma poderia permitir que as autoridades chinesas acessassem os dados pessoais de seus usuários norte-americanos.
Em 14 de agosto, o presidente concedeu ao ByteDance um prazo de 90 dias para se desligar das operações da TikTok no país norte-americano
Nesta segunda-feira, a Tiktok anunciou que havia entrado com uma ação contra o governo de Donald Trump em um tribunal federal dos EUA. “Discordamos veementemente da posição do governo de que o TikTok é uma ameaça à segurança nacional. […] Sentimos que não temos escolha a não ser tomar medidas para proteger nossos direitos e os direitos de nossa comunidade e funcionários”. a empresa disse em um comunicado.


Categories: # yo voto vs bloqueo, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, bloqueo, China, eeuu, epidemia, FORA TRUMP, Injerencia De EEUU, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Redes sociais, relações bilaterais, o governo Donald Trump, SOMOS CUBA, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: