Posts Tagged With: Alberto Fernández

Governo argentino denuncia Macri por enviar armas à Bolívia

O governo da Argentina denunciou na segunda-feira o ex-presidente argentino Mauricio Macri pelo suposto envio de material de guerra para a Bolívia, no marco da repressão anterior ao golpe contra Evo Morales, informou a agência Télam.

A apresentação é assinada pela Ministra da Segurança, Sabina Frederic; a Administradora da Receita Pública Federal (AFIP), Mercedes Marcó del Pont; e o Ministro da Justiça e Direitos Humanos da Nação, Martín Soria.

Horas antes, o ex-juiz Eduardo Freile, que era membro da Câmara Nacional de Recursos Criminais e Correcionais, denunciou Macri especificamente por contrabando agravado e tráfico ilícito de armas de fogo e munições, entre outros crimes.

Essas são as primeiras denúncias formais na Justiça desde que o chanceler boliviano, Rogelio Mayta, divulgou o documento oficial que verifica o embarque de cartuchos, gás lacrimogêneo e granadas durante o início da presidência de Jeanine Áñez, ação que tanto Macri quanto governantes eles negaram que alguma vez existiu.

No domingo, o ministro da Justiça Soria havia anunciado que o governo de Alberto Fernández estava "trabalhando em uma denúncia com diferentes órgãos estaduais porque eles também violaram tratados e convenções", garantiu ao canal C5N.

“Com certeza nas próximas horas haverá novidades porque o fato é muito sério”, disse.

Até o momento, duas agências estaduais iniciaram investigações formais sobre o envio de armas para a Bolívia durante o conflito político interno que levou à derrubada de Morales.

Por um lado, a Unidade Fiscal Especializada na Investigação de Crimes Relacionados com Armas de Fogo, Explosivos e Outros Materiais Controlados (Ufiarm) e, por outro, a Direção Geral das Alfândegas (DGA).

O escândalo diplomático surgiu na última sexta-feira, quando, por meio de sua conta no Twitter, o chanceler boliviano Mayta publicou uma carta na qual o comandante da Força Aérea Boliviana, Jorge Gonzalo Terceros Lara, agradecia ao então embaixador argentino, Normando Álvarez García, ” a colaboração prestada “no âmbito do apoio internacional” devido à situação conflituosa na Bolívia ”.

Nesse documento, datado de 13 de novembro de 2019, consta um detalhe das armas supostamente enviadas: 40.000 cartuchos de balas de borracha AT 12/70, 18 MK-9 spray de gás lacrimogêneo, cinco MK-4 spray de gás lacrimogêneo, 50 CN granadas , 19 granadas de gás CS e 52 granadas de gás HC.

No dia anterior, a ex-senadora de centro-direita Jeanine Áñez havia assumido a presidência da Bolívia, enquanto o líder do Movimento ao Socialismo (MAS), vencedor de uma nova reeleição, refugiava-se no México como asilado político, em meio a acusações de fraude e uma repressão violenta nas ruas.

Atualmente, Áñez está em prisão preventiva, acusado de terrorismo, sedição e conspiração, além de outros crimes relacionados aos massacres de Sacaba e Senkata, onde cerca de trinta civis foram mortos nas mãos das forças de segurança.

(Com informações da RT em espanhol)

Categories: Politica | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Líderes progressistas latino-americanos e europeus falam contra a extrema direita boliviana

Reunidos em La Paz por ocasião da posse de Luis Arce como presidente da Bolívia, dirigentes, ex-presidentes e dirigentes progressistas da América Latina e da Europa assinaram neste domingo a “Declaração de La Paz em Defesa da Democracia” e “contra os extrema-direita “. A iniciativa foi promovida pelo presidente Alberto Fernández, seu homólogo boliviano, Luis Arce, e o segundo vice-presidente do governo da Espanha, Pablo Iglesias, entre outras referências.

“Hoje a democracia está ameaçada e basta analisar os acontecimentos políticos dos últimos meses na Bolívia, país sede desta declaração, para verificar que a principal ameaça à democracia e à paz social no século XXI é o golpe da extrema direita” , diz o documento. “Uma extrema direita que se expande globalmente, que espalha mentiras e difamação sistemática dos adversários como instrumentos políticos, apelando à perseguição e à violência política em diversos países”, alerta o comunicado.

O comunicado conjunto acrescenta que “esta ação antidemocrática se fortalece onde encontra ao seu serviço poderes de comunicação que, acumulando um imenso poder de influência, pretendem manipular e proteger as democracias em defesa de seus interesses políticos e econômicos”, e coloca a Bolívia como ” referência internacional da resposta cidadã ao golpe “. Os signatários expressaram seu compromisso de trabalhar juntos “pela defesa da democracia, da paz, dos direitos humanos e da justiça social diante da ameaça do golpe de ultradireita”.

Pablo Iglesias @PabloIglesiasHe impulsado junto a @LuchoXBolivia@alferdez, Rodríguez Zapatero, @dilmabr@evoespueblo@MashiRafael@atsipras@petrogustavo@JLMelenchon y otros líderes progresistas de América y Europa la Declaración de La Paz, en defensa de la Democracia frente al golpismo de la ultraderecha.

A lista de adeptos da declaração é completada pelos ex-presidentes da Bolívia Evo Morales, Dilma Rousseff do Brasil, Rafael Correa do Equador, José Luis Rodríguez Zapatero da Espanha e Alexis Tsipras da Grécia. Juntaram-se os candidatos à presidência do Equador Andrés Arauz, do Chile Daniel Jadue, da Colômbia Gustavo Petro e da Peru Verónica Mendoza, ao lado de Jean Luc Melenchon, líder do Francia Insumisa, e Caterina Martins, do Bloco Esquerda em Portugal o apelo contra “ações antidemocráticas” em diferentes partes do mundo.

(Retirado da página 12)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

República Soviética da ‘Argenzuela’? Medida de intervenção do governo perturba a Argentina

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Candidatos presidenciais na Argentina realizarão primeiro debate eleitoral

O presidente Maurio Macri, aspirante da aliança Together for Change, será o primeiro a abrir a rodada de perguntas e será seguido por Alberto Fernández (Frente de Todos).

Com grande expectativa, os argentinos aguardam hoje o primeiro debate eleitoral no qual os seis candidatos que aspiram a chegar à presidência se enfrentarão depois de uma intensa campanha iniciada em julho passado. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Macri, uma pessoa má

Mauricio Macri prometeu pôr um fim às “ações” da bolsa Kirchnerist e suprimiu-o para que não chegasse mais à presidência. Mas agora, embora limitado, ele termina seu mandato reintegrando-o. No entanto, não proteger reservas internacionais e a economia popular, como foi o caso de Cristina Fernández de Kirchner (KFK). Ao contrário. Continuar a ler

Categories: Americam Latina, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Eixos barulhentos para a campanha presidencial na Argentina

“Porque eu não lubrifico os eixos
Eles me chamam de abandona’o …
Se eu gosto que eles soem,
Por que eu quero lubrificá-lo?

(Atahualpa Yupanqui, “Os eixos do meu carrinho”)

De Atilio A. Boron

A nota incisiva de Martín Granovsky na edição de hoje de https://www.pagina12.com.ar/206186-entre-el-miedo-y-nicolino levanta questões sérias sobre a campanha política em curso. Uma das afirmações cruciais desse artigo indica que o governo mobilizou suas três principais espadas para atacar a oposição, com a cooperação não cooperativa da oligarquia midiática (não jornalística, porque abandonaram essa nobre profissão por algum tempo para ser agentes políticos). e a Justiça Federal, que coordena seus ritmos com as necessidades da campanha. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: