Sergio Gregori: ‘O Departamento de Estado dos EUA escreveu-me para me dizer que estavam a bloquear o financiamento da multidão do documentário’.

#UnblockCuba #FurorTV #RevolucionCubana #XCubaYo #CubaLibreYSoberana

Por : Manuel Gonzales Gonzales

Sergio Gregori, 24 anos, director da Unblock Cuba, é o chefe visível de um projecto de comunicação, Furor Producciones, no qual vários jovens nos seus primeiros vinte anos de idade têm trabalhado desde os seus dezassete anos. Este projecto inclui uma estação de televisão online, a Furor TV, que começou a funcionar na sala de estar da sua casa de estudantes e que tem atraído uma boa parte da esquerda política e cultural. Possuem agora um local espaçoso e bem equipado.

Sergio Gregori: 'Me escribió el Departamento de Estado de EEUU para decirme que bloqueaban el crowfunding del documental'

Com a idade de 15 anos, Gregori começou a fazer um documentário sobre a vida dos cubanos comuns. “No início, o filme não tinha qualquer intenção política, eu só queria conhecer a realidade de Cuba. Cuba tinha-me alcançado através dos capacetes com o grupo musical Orishas, agora anti-Castro, mas que na altura falava de um ponto de vista social, e então conheci a história da Cuba revolucionária, do Ché Guevara, do Fidel Castro e da revolução dos barbudo. Tudo isso teve um impacto em mim desde muito jovem, uma vez que me tornei político desde muito cedo. Aos 14 anos de idade comecei a organizar-me e a interessar-me pela política, e o tema de Cuba estava muito presente. Mas é verdade que no início o filme não tinha qualquer intenção política. Não tinha um ponto de vista claro sobre o que estava a acontecer em Cuba.

Para financiar o documentário, lançou um projecto de patrocínio e de crowdfunding que enfrentou o bloqueio: “De repente descubro que o Departamento de Estado norte-americano me escreve e me diz que a campanha está bloqueada pela lei norte-americana. Eu era um cidadão europeu, que nada tinha a ver com Cuba e que na realidade queria fazer um filme sem intenção política, e descobri que a campanha estava bloqueada porque a sede de uma das empresas ligadas ao micro-patronato se situava nos Estados Unidos”. O âmbito do bloqueio tinha torpedeado a iniciativa de um adolescente espanhol, mas, paradoxalmente, oito anos mais tarde, este jovem acabou por transformar o documentário numa denúncia detalhada do bloqueio, que ele considera um instrumento não só contra o carácter socialista de Cuba, mas também um meio de assumir o controlo da ilha, proibindo qualquer pessoa de negociar com ela, incluindo aliados da UE.

Tendo encerrado a rota do patrocínio, organizaram um concerto no Auditório Marcelino Camacho, através da mediação de Cayo Lara, que tinha participado na campanha de patrocínio, mas não conseguiram angariar mais do que o dinheiro suficiente para cobrir as despesas. No final, foi a vontade, a imaginação e a ousadia que tornaram possível este filme “0 custo”, nas palavras do seu realizador. Em 2017 e 2019, Gregori e outros colegas da Furor Producciones inscreveram-se como jornalistas na Feira Internacional de Turismo em Havana e utilizaram o seu tempo livre para filmar os testemunhos que aparecem no documentário.

Autor: tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: