Daily Archives: 25 de Janeiro de 2021

O antiquário de Pompéia exibe a história de uma cidade romana soterrada (+ fotos)

Anticuario de Pompeya exhibe historia de urbe romana sepultada

Roma, 25 de janeiro (Prensa Latina) O Antiquário de Pompéia, novo espaço de exposição permanente dos achados que ilustram a história da cidade italiana soterrada pelas cinzas do vulcão Vesúvio em 79 dC, será inaugurado hoje.

Os testemunhos mais relevantes da cidade antiga, desde o período Samnita (século IV aC) até a trágica erupção, com especial destaque para a relação indissociável com Roma, caracterizam a amostra, indica um depoimento da gestão do Parque Arqueológico de Pompéia, localizado em Nápoles, na região sul da Campânia.

A amostra será aberta de segunda a sexta-feira nesta fase de abertura controlada sujeita aos regulamentos de saúde para impedir a propagação do coronavírus SARS-CoV-2, que causa o Covid-19.

Anticuario de Pompeya exhibe historia de urbe romana sepultada

A visita ao emblemático sítio das ruínas de Pompeia também pode incluir uma visita ao Museu Arqueológico de Stabia Libero D’Orsi, no Palácio Quisisana, reaberto no dia 19, onde estão expostos muitos achados valiosos da zona de Stabia.

Os segredos da vida e das tradições daquela cidade da Roma Antiga, sepultada pela erupção do Vesúvio, juntamente com os seus vizinhos Herculano, Estábia e Oplontis, ressurgem todos os dias das mãos de homens e mulheres da ciência e graças ao uso de novas tecnologias que Eles aceleram o conhecimento das primeiras descobertas iniciadas em 23 de março de 1748.

Pompéia foi descoberta uma década depois de Herculano, um resort popular para os romanos ricos, originalmente chamado de Stabia, mas em 1763 concluiu-se que era o movimentado centro industrial.

Anticuario de Pompeya exhibe historia de urbe romana sepultada

A visita ao emblemático sítio das ruínas de Pompeia também pode incluir uma visita ao Museu Arqueológico de Stabia Libero D’Orsi, no Palácio Quisisana, reaberto no dia 19, onde estão expostos muitos achados valiosos da zona de Stabia.

Os segredos da vida e das tradições daquela cidade da Roma Antiga, sepultada pela erupção do Vesúvio, juntamente com os seus vizinhos Herculano, Estábia e Oplontis, ressurgem todos os dias das mãos de homens e mulheres da ciência e graças ao uso de novas tecnologias que Eles aceleram o conhecimento das primeiras descobertas iniciadas em 23 de março de 1748.

Pompéia foi descoberta uma década depois de Herculano, um resort popular para os romanos ricos, originalmente chamado de Stabia, mas em 1763 concluiu-se que era o movimentado centro industrial.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Cuba e Estados Unidos diante do provável caminho de cooperação

Cuba y EE.UU. frente al probable camino de la cooperación

Por Karina Marrón González

Havana, 25 de janeiro (Prensa Latina) Dois caminhos se apresentam hoje à nova administração dos Estados Unidos com respeito a Cuba: o das agressões e seus correspondentes fracassos, que é bem conhecido, e o da cooperação, caminho pouco percorrido mas mais promissor .

Em relação a este último, o presidente Joe Biden tem algumas referências, já que foi vice-presidente do governo que optou pelo restabelecimento das relações (Barack Obama 2009-2017) e sob o qual, a partir de 2015 e até os primeiros dias de 2017, foram assinados 22 acordos e memorandos de compreensão.

Desde a reabertura de missões diplomáticas permanentes até aspectos relacionados à saúde e clima, entre outros, os documentos assinados respondem a assuntos de interesse comum.

Esses acordos estão listados no site do Ministério das Relações Exteriores de Cuba, entre os quais memorandos de cooperação para a conservação e gestão de Áreas Marinhas Protegidas, no campo da proteção ambiental e em áreas que permitem melhorar a segurança da navegação marítima. .

Além disso, o estabelecimento de programas de cooperação e intercâmbio para compartilhar dados sobre registros sísmicos e informações geológicas, além de abrir maiores possibilidades de pesquisas conjuntas em meteorologia e clima.

Eles também estabeleceram as bases para a preparação e resposta à possível contaminação causada por derramamentos de hidrocarbonetos e outras substâncias nocivas e potencialmente perigosas no Golfo do México e no Estreito da Flórida.

O governo de Donald Trump insistia desde sua chegada à Casa Branca que o restabelecimento das relações só havia sido positivo para a nação caribenha, mas todos os elementos mencionados até agora resultam em benefícios mútuos.

O mesmo acontece com os acordos e memorandos que visam garantir o transporte direto de correspondência, procedimentos para a segurança dos viajantes e do comércio, para a garantia da sanidade vegetal e animal, ou na busca e salvamento aeronáutico e marítimo.

O estabelecimento de voos regulares entre os Estados Unidos e a maior ilha das Antilhas foi um passo em frente não só para os cubanos, mas também para os cidadãos americanos que tinham um obstáculo a menos para exercer seu direito de viajar.

Nada disso foi levado em consideração por Trump quando suspendeu os fretamentos em território norte-americano e ordenou que os itinerários regulares só chegassem a Havana.

O mesmo acontece com os acordos e memorandos que visam garantir o transporte direto de correspondência, procedimentos para a segurança dos viajantes e do comércio, para a garantia da sanidade vegetal e animal, ou na busca e salvamento aeronáutico e marítimo.

Ele escolheu o caminho da punição e, com isso, evitou os interesses de seu povo, como demonstraram parlamentares e produtores norte-americanos em 16 de janeiro, quando em um fórum virtual expressaram mais uma vez o desejo de mais acordos, como o memorando para o cooperação na agricultura e outros campos relacionados.

Ele escolheu o caminho que nega a seus cidadãos a possibilidade de acesso ao conhecimento e aos produtos biofarmacêuticos criados em Cuba, ainda em meio à pandemia de Covid-19 e após a aprovação de resoluções em cerca de 15 cidades norte-americanas que instam seu governo estabelecer cooperação neste domínio.

Também existem memorandos de entendimento entre o Ministério de Saúde Pública de Cuba e o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos que permitiriam tal colaboração, tanto nesta circunstância como para doenças como câncer ou úlceras nos pés diabéticos, mas a escolha feita por a administração anterior não tornou isso possível.

A lista poderia continuar, porque o caminho da cooperação aberta incluía aspectos vitais como o enfrentamento do tráfico ilícito de entorpecentes e substâncias psicotrópicas, ou elementos vinculados à migração.

Há um enorme potencial em construir pontes a partir do respeito, em vez das mais de 240 medidas coercitivas implementadas pelo governo Trump, que também não conseguiu destruir a Revolução Cubana e, por outro lado, ganhou o descrédito internacional de Washington.

A comunidade mundial rejeitou a inclusão de Cuba na lista dos países patrocinadores do terrorismo e apóia a nomeação de seus médicos ao Prêmio Nobel da Paz, em vez de dar crédito às campanhas difamatórias promovidas pela Casa Branca.

Esses exemplos devem bastar agora que uma nova administração se depara mais uma vez com os dois caminhos e terá que escolher entre o conhecido e uma viagem promissora ao desconhecido.

jf / ool / kmg

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Senado receberá pedido de julgamento contra Trump

Senado de EE.UU. recibirá pedido de juicio contra Trump

Washington, 25 de janeiro (Prensa Latina) A direção democrática da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos apresentará hoje ao Senado o pedido de impeachment do ex-presidente Donald Trump, acusado de incitar o ataque ao Capitólio em 6 de janeiro.

Ao ler o documento acusatório nesta segunda-feira às 19h00, horário local, na sessão plenária do Senado, “será desencadeado um processo como nenhum outro na história dos Estados Unidos”, disse o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer.

De acordo com as regras estabelecidas, depois que o texto chega à Câmara Alta, esse órgão legislativo deve quase que imediatamente se transformar em tribunal e julgar o caso até que haja um veredicto.

Nos últimos dias, Schumer e o senador republicano Mitch McConnell, de Kentucky, discutiram quais seriam os parâmetros para o desenvolvimento do procedimento, a fim de se chegar a um acordo sobre regras bipartidárias, embora detalhes não tenham sido divulgados.

Os do partido azul têm como prioridade que os senadores confirmem as indicações do presidente Joe Biden para seu gabinete, antes do início do procedimento, a fim de minimizar o impacto do caso em seus primeiros dias de mandato.

De acordo com o jornal The Hill, os democratas envolvidos no planejamento indicaram que não se opunham totalmente a dar algum tempo à equipe de Trump, e poderiam usar o atraso para confirmar mais nomeações para os membros do grupo que compõe o governo Trump. Biden.

A direção democrata informou neste sábado que cada partido terá um prazo para seus escritos legais, como fizeram nos julgamentos anteriores, e uma vez que os documentos sejam redigidos, a apresentação terá início na semana de 8 de fevereiro.

Segundo o acordo entre Schumer e McConnell, após a leitura do artigo acusatório na tarde de segunda-feira, os senadores farão o juramento na terça-feira e, em seguida, uma intimação será emitida a Trump, que apresentará sua resposta em 2 de fevereiro e o julgamento poderá começar em 9 de fevereiro. de fevereiro.

Os líderes democratas relataram que o Senado continuará a tratar de outras questões importantes para o povo dos Estados Unidos atualmente, como as nomeações para o gabinete e o projeto de lei para aliviar os efeitos do Covid-19.

O primeiro julgamento contra o magnata, no início de 2020, durou 21 dias, mas a maioria dos senadores não espera que o segundo dure tanto.

Há poucos dias, a Câmara dos Representantes votou pelo impeachment de Trump pela segunda vez, tornando-o o primeiro presidente dos Estados Unidos a ser indiciado mais de uma vez.

Condenar o ex-presidente republicano terá dois terços dos votos no Senado.

mem / rgh

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Chamam no Brasil para dizer basta ao governo Bolsonaro

Brasília, 25 de janeiro (Prensa Latina) A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, dom Paulo Evaristo Arns, fez um apelo aos verdadeiramente comprometidos com a democracia e o direito à vida no Brasil a dizerem hoje o suficiente ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Em matéria publicada no jornal O Globo e ampliada nesta segunda-feira por outros meios de comunicação, a diretoria, conhecida como Comissão Arns, insiste que é necessário barrar “esse desgoverno que tantos danos tem causado à vida dos brasileiros e à nossa democracia”. .

Esses escritos dirigem-se diretamente a cidadãos, organizações da sociedade civil, partidos políticos, grupos empresariais e religiosos e, sobretudo, a instituições fundamentais da República, como o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Procurador-Geral da República.

Alerta sobre as ações, omissões e violações cometidas pelo Bolsonaro contra os direitos garantidos pela Constituição que jurou defender quando tomou posse em janeiro de 2019. Entre eles, o direito à saúde. A negação pelos ex-militares da gravidade da doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, a promoção de aglomerações e o descumprimento de medidas preventivas (além do boicote à produção e obtenção de a vacina), estão associados às mais de 217 mil mortes pela pandemia no gigante sul-americano.

“Desde o início de seu governo, o presidente Bolsonaro insistiu em aprofundar a polarização política, dividindo o país entre amigos e inimigos”, diz um trecho do artigo.

Denuncia que, ‘com uma retórica pavorosa, baseada na crueldade para com os mais vulneráveis, no racismo, no obscurantismo e na exaltação da violência, das armas e da ditadura, ataca diariamente os pilares fundamentais da nossa República, conforme estabelecido artigo um da Constituição. ‘

Os autores criticam o apetrechamento do aparato de segurança pelo governo para atender aos interesses pessoais do presidente e de seus familiares.

Apontam também para a “vergonhosa omissão” do procurador-geral da República, Augusto Aras, na apuração dos crimes comuns atribuídos ao presidente de extrema direita.

Da mesma forma, a comissão questiona a desastrosa política externa do chanceler Ernesto Araújo, de hostilidade a diversos países, o que ocasionou, entre outros atos, o atraso na obtenção das vacinas contra o patógeno.

mem / ocs

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Associação angolana pede aos EUA normalização das relações com Cuba

Luanda, 25 jan (Prensa Latina) A Associação de Amizade Angola-Cuba pediu ao Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que normalizasse as relações diplomáticas com aquele país caribenho para pôr fim a um bloqueio de longa data, foi anunciado hoje.

Com o número 01 / GSG-ASAC / 2021, o texto foi entregue à legação dos Estados Unidos em Luanda, confirmou esta segunda-feira o secretário-geral da entidade não governamental promotora da iniciativa, José Fernando Jaime.

A instituição filantrópica sugeriu ao presidente que continuasse nos passos do governo Obama: as ações diplomáticas da Casa Branca naquele período resultaram no então secretário de Estado, John Kerry, reabrindo a embaixada dos Estados Unidos em agosto de 2015. A Havana.

Em sua reclamação, a Associação defende o restabelecimento dos voos regulares, as viagens de cruzeiros, a retirada de Cuba da lista de países que patrocinam o terrorismo e as autorizações para que os cidadãos de ambas as nações possam se visitar.

Se concretizados, tais gestos “ajudariam em absoluto a normalizar as relações diplomáticas, pondo fim ao bloqueio económico, financeiro e comercial”, indica o documento.

A organização solidária manifestou sua confiança de que o presidente Biden “saberá unir e reconstruir a Nação norte-americana e como é evidente voltar à convivência de organismos internacionais para intensificar a harmonia entre as nações.

Segundo dados oficiais, durante o governo de Barack Obama (2009-2017) foram assinados 22 acordos bilaterais e memorandos de entendimento com Cuba, em áreas de interesse comum como saúde, conservação e gestão de áreas marinhas protegidas, proteção ambiental, segurança da navegação marítimo e confronto com o tráfico ilícito de entorpecentes e substâncias psicotrópicas.

jcm / mjm

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Caldo de carne bem nutritivo e saboroso .

Categories: #Comer Sano, #Ricas Receitas, Comer saudable | Deixe um comentário

O presidente Duque ficou magoado porque Biden o ignorou

Autor/a: Leonor Pérez Rodríguez

Era de se esperar, os cães são tratados como o que são cães.

Colarebo

Por Fernando Alexis Jiménez

O presidente Iván Duque Márquez manteve o processo pressionado, a caneta-tinteiro pronta para assinar a presença e, claro, a programação separada em sua agenda. Dizem inclusive que no Palácio de Nariño costumava perguntar ao secretário particular: “Chegou um convite?” A mulher educadamente respondeu que não. Uma hora depois, o mesmo ritual e a mesma resposta. Até, quase implorando: “Mulher, nem mesmo e-mail.”

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

JUSTIÇA / Família Miranda Leyva pode ir para a prisão em #Cuba

Sin descripción disponible.

Autor/a: Leonor Pérez Rodríguez

Pelas redes sociais, foram divulgados hoje os documentos do julgamento que atestam que a Família Miranda Leyva de Holguín pode ser presa. Para os acusados, o Ministério Público Municipal pede sentenças de 2 a 2 anos e meio de privação de liberdade com internação sob a acusação de ameaçar um de seus vizinhos em 11 de julho de 2020.

Os documentos do caso revelam que naquele dia por volta de uma hora da tarde, estando em sua casa Libertad 347 na cidade de Holguín, começaram a atacar verbalmente o vizinho Dailén Cabrera Montero “sem motivo para justificá-lo ou causar uma ofensiva”, diz o minutos.

Então, vendo a pouca reação demonstrada pela primeira, começaram a elevar o tom até que passaram a ameaçar a vítima e sua família de morte, dizendo que atacariam sua filha menor de um ano de idade.

“Imediatamente a seguir, e não bastando as repetidas ameaças, a arguida Maidolys Leyva Portelles, retirou da parte de trás da porta principal da casa algumas peças de madeira com cerca de 60 cm de comprimento, … anteriormente ali fornecidas, distribuídas por cada uma das co-arguidas” . Diz o relatório. Em seguida, eles continuaram a ameaçar o cidadão que fugiu em pânico.

Segundo os documentos revelados, o Ministério Público conta com mais de três testemunhas oculares que corroboram os fatos e agem agressivamente por parte da família Miranda Leyva. Soma-se a eles a história criminal dessas pessoas de 2016 até hoje.

O caso ficou particularmente famoso após a divulgação da mídia de direita de Miami que queria vender a história como um ato de hostilidade das forças da ordem em Cuba em relação à Família e suas posições políticas.

Estes, aconselhados desde os Estados Unidos para gerar repulsa às forças da ordem e da justiça no país, inventaram sendo perseguidos pelas forças “repressivas” do regime de Havana depois de cometer o crime e tentar mudar a história .

Eles assumiram um falso medo e se exilaram de sua residência para buscar refúgio em uma igreja, que foi rejeitada, então tentaram viajar a Havana para “se refugiar” na casa de “adversários” que posteriormente lhes negaram assistência, bem como eles retomaram a campanha para solicitar asilo político em uma sede diplomática estrangeira e também foram ignorados.

Membros da contra-revolução em Miami já disseram algumas vezes que se trata de golpistas que buscam por sensibilidade lucrar com a situação, como a possibilidade de ir residir nos Estados Unidos por meio da concessão de visto de asilo político e benefícios. economia arrecadada pela comunidade cubana no exterior, disse Julio Monduy, um ativista anti-revolução de Miami.

No entanto, a mídia de direita continua com a história de ameaça e o propósito de gerar rejeição dos cubanos nos Estados Unidos contra seus homólogos da ilha.

Se a sanção prosseguir, as gêmeas Adairis e Anairis Miranda Leyva, estariam sujeitas a 24 meses de privação de liberdade, enquanto sua mãe Maidolis Leyva Portelles, junto com Fidel Manuel Batista Leyva, estariam sujeitas a 2 anos e meio. Os menores serão encaminhados aos centros de atendimento do Ministério do Interior e devolvidos às atividades de estudo e escola.

Lpr

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Notícias da América Latina e do mundo.

Categories: # Cuba, # Venezuela, #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Caracas, Golpe de Estado, Militar,#Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, #colaboracion medica cubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Estados Unidos, #Francia, #Nicolás Maduro, #Nicolás Maduro Moros, #salud, #Uruguai, Colombia, España, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Guaidó nomeia "embaixadores" ilegais, Guaidó, um "presidente" sem território, Guatemala, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia, India, Injerencia De EEUU, PALESTINA, Profesionales e la Salud, REINO UNIDO | Deixe um comentário

A aprovação de Bolsonaro cai e o apoio ao seu ‘impeachment’ cresce.

Categories: #Brasil, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Jair Bolsonaro, #salud, Coronavirus, CoronaVirus, Política, Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

<span>%d</span> bloggers like this: